Adepará lança em Marabá primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

AftosaO Governo do Estado, através da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), lança, no próximo sábado (30), a primeira etapa da Campanha Estadual de Vacinação contra a Febre Aftosa/2016. O lançamento será no município de Marabá, sudeste paraense, com a presença de autoridades de governo, sindicatos rurais e produtores. A vacinação do rebanho de bovinos e bubalinos do Estado será realizada entre 1º e 31 de maio, em todo o território paraense, com exceção do Arquipélago do Marajó e municípios de Faro e Terra Santa.

A Adepará é a responsável pela campanha, que tem importância estratégica para a balança comercial do Estado. Servidores do órgão lotados por todo o Pará estarão envolvidos e acompanharão o trabalho para garantir que todo o processo de vacinação atenda às metas da Agência, que é alcançar o mais alto índice vacinal.

Quase 21 milhões de cabeças de gado deverão ser imunizadas, em 108.746 propriedades, espalhadas em 127 municípios paraenses. O produtor é o responsável pela vacinação e tem até o dia 15 de junho para fazer a comunicação da vacina nos escritórios da Adepará. “O produtor ganha a valorização do gado, já que o mercado é signatário da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que exige gado livre de febre aftosa. A Adepará, através das políticas públicas, promove a saúde e o bem-estar animal, fiscalizando a vacinação e a qualidade da vacina, certificando a pecuária paraense”, explica o gerente do Programa de Erradicação da Febre Aftosa da Adepará, o médico veterinário George Santos.

Segundo George Santos, como a etapa abrange 127 municípios, é fundamental o trabalho dos técnicos da Agência. “Como o Estado do Pará é de dimensões comparadas a de muitos países, torna-se laborioso o alcance da vigilância da vacinação. Com a vacinação podemos almejar melhores status sanitário ao rebanho do Pará, que é o 4º maior rebanho do Brasil”, diz.

Para o diretor geral da Adepará, o médico veterinário Luciano Guedes, a campanha é de grande importância para o Estado por manter a condição sanitária conquistada, de ser livre de febre aftosa com vacinação. “Manter o Estado livre da febre aftosa foi uma das maiores conquistas do setor produtivo. Garantir a permanência deste status é importante para o produtor rural, que garante a sanidade e valorização do seu rebanho”, fala.

Trabalho – No período da etapa, técnicos da Adepará farão mais de 2.500 atividades fiscalizadas, sendo vacinações assistidas (onde os técnicos acompanham a vacinação de todo o rebanho de uma determinada propriedade), fiscalizada (onde acompanhamos a vacinação de uma parte do rebanho de uma determinada propriedade) e vacinação oficial (quando os técnicos vacinam os animais de uma determinada propriedade). “A meta de cobertura vacinal é de, no mínimo, 94%, tanto em rebanho bovídeo, quanto em propriedades, lembrando que a OIE determina cobertura mínima de 90% em regiões livres com vacinação”, detalha George.

Números de Marabá e região

A regional da Adepará em Marabá possui hoje 2.494.806 milhões de cabeças de bovídeos espalhadas em 12.314 propriedades. A regional é composta pelos municípios de Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Itupiranga, Marabá, Nova Ipixuna e Parauapebas.

  • Curionópolis – 280.432 cabeças de gado/352 propriedades
  • Eldorado dos Carajás – 308.085 cabeças de gado/2.273 propriedades
  • Itupiranga – 584.189 cabeças de gado/3.177 propriedades
  • Marabá – 1.105.403 cabeças de gado/4.623 propriedades
  • Nova Ipixuna – 107.957 cabeças de gado/1.029 propriedades
  • Parauapebas – 108.740 cabeças de gado/860 propriedades

Três municípios paraenses com maior rebanho do Pará

  • São Félix do Xingu – 2.224.509 de cabeças de gado/5.276 propriedades
  • Marabá – 1.105.403 cabeças de gado/4.623 propriedades
  • Novo Repartimento – 959.166 cabeças de gado/5.673 propriedades

Calendário

Vacinação: 1 a 31 de maio

Notificação nos escritórios da Adepará: até 15 de junho
A Adepará realiza cinco campanhas contra a febre aftosa ao longo do ano

  • 15 de março a 30 de abril – etapa de vacinação das Zonas de Proteção de Faro e Terra Santa.
  • 1 a 31 de maio – Campanha Estadual de Vacinação/maio 2016.
  • 15 de julho a 30 de agosto – etapa de vacinação das Zonas de Proteção de Faro e Terra Santa.
  • 15 de agosto a 30 de setembro – etapa de vacinação da Ilha do Marajó (etapa única, em função das condições geoclimáticas).
  • 1 a 30 de novembro – Campanha Estadual de Vacinação/novembro 2016.
Por Camila Moreira – Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará

Publicidade