Parauapebas

Acusado de matar PM, em 2011, vai a júri hoje em Parauapebas

Acontece logo mais, a partir das 9 horas, na sala do Tribunal do Júri da Comarca de Parauapebas, o júri de Marcelo Araújo Brilhante. Ele é acusado de matar o …

SargentoNunes - Sargento NunesAcontece logo mais, a partir das 9 horas, na sala do Tribunal do Júri da Comarca de Parauapebas, o júri de Marcelo Araújo Brilhante. Ele é acusado de matar o sargento da Polícia Militar Luís da Costa Nunes, em 27 de junho de 2011,  na praça do bairro Altamira, em Parauapebas. Preside o Tribunal do Júri o magistrado Líbio Araújo Moura, da 1ª Vara Criminal de Parauapebas.

Sargento Nunes, que tinha 45 anos à época, 25 deles dedicados à PM do Pará, foi assassinado por três homens: Marcelo Araújo Brilhante, que hoje vai a júri; Clovis Ramos de Oliveira, morto pela PM durante perseguição no dia do ocorrido; e um terceiro elemento conhecido apenas pela alcunha de “Fininho”, que se encontra foragido da justiça.

Redistribuição
Por falar em Vara Criminal, com a  instalação da 2ª Vara Criminal na Comarca de Parauapebas, e a consequente redistribuição dos processos que integravam a então Vara Única Criminal da Comarca, dois dos processos de maior repercussão em Parauapebas não estão mais sob responsabilidade do Juiz Líbio Moura: o caso que envolve o vereador afastado José Arenes (o Senhor das Armas), do PT, e o da comerciária Ana Karina, assassinada em 2010 quando estava grávida de nove meses. Eles agora estão na 2ª Vara, que tem como titular a juíza Tânia da Silva Amorim Fiúza.

Deixe seu comentário