Aécio Neves vem ao Pará reforçar campanha tucana

O senador eleito por Minas Gerais, Aécio Neves desembarca hoje (22) em Belém para a campanha do candidato tucano ao governo do Pará, Simão Jatene. Aécio chega a Belém por …

O senador eleito por Minas Gerais, Aécio Neves desembarca hoje (22) em Belém para a campanha do candidato tucano ao governo do Pará, Simão Jatene.

Aécio chega a Belém por volta de 15 horas, conversa com os jornalistas e, em seguida, participa de uma caminhada em Ananindeua. Depois, seguirá para Belém onde participa de comício previsto para iniciar às 18h30.

A previsão da coordenação da campanha do tucano é de que o candidato à presidência da República, José Serra viesse ao Pará nesta semana, mas Serra tem agendas no Sul do País e no Rio de Janeiro. Uma vinda dele ao Estado antes da votação do dia 31 ainda está sendo negociada. Confirmada é a vinda do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin que deve participar de comícios em Marabá e Santarém.
No primeiro turno, Serra esteve em Belém apenas uma vez para um comício em Altamira. A candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff só veio ao Estado no período de campanha do segundo turno.

ELEIÇÃO
José Serra perdeu a eleição no Pará por cerca de 10 pontos de diferença. A última pesquisa feita pelo Ibope no Estado, contudo, aponta empate técnico entre os dois candidatos à presidência.

Aécio Neves é uma das principais lideranças do PSDB nacional. Chegou a ser cotado para ser o candidato à presidência no lugar de Serra o que gerou uma crise interna no PSDB antes das convenções partidárias. Após a definição de que Serra seria mesmo o nome na disputa à Presidência, Aécio candidatou-se ao Senado, foi eleito e mergulhou de cabeça nas campanhas dos tucanos que ainda lutam pela eleição neste segundo turno.

Coordenador da campanha de José Serra no Pará, o senador reeleito, Fernando Flexa Ribeiro diz que a expectativa é reunir cerca de 10 mil pessoas no comício em São Brás. Segundo Flexa, Serra espera reverter a diferença em relação a Dilma e vencer a eleição no Pará.

Os novos aliados dos tucanos que vieram do PMDB como o deputado estadual Domingos Juvenil não participam do comício. Embora alguns peemedebistas apoiem Jatene o partido está aliado nacionalmente com a candidata do PT.

Fonte: Diário do Pará

[ad code=4 align=center]

2 comentários em “Aécio Neves vem ao Pará reforçar campanha tucana

  1. Paulo Fernandes Responder

    O blog está a serviço, indisfarçadamente, dos tucanos. Não se tem como negar isso. Os posts do blog falam por si só. O que há de mais relevante nas eleições, como as pesquisas eleitorais, por exemplo, são colocados tácitamente de lado. O eminente blogueiro devia postar para o seu público, com o claro propósito de informá-lo, as últimas pesquisas para presidente. A do Vox Populi que dá à Dilma a vantagem de 11% sobre Serra (o que foi tanto questionado pelo presidente nacional do PSDB, achando que a fosse fruto de manipulação), a do IBOPE de quinta-feira (21/10) que dá à Dilma 12% em relação a Serra, e de Hoje (22/10) que dá vantagem à Dilma 10%, segundo o Datafolha. Tudo isso nessa mesma semana. Será que isso já não se constitui motivo mais do que suficiente para merecer um post no teu blog? Já o desprestigiado Sensus que maquiou um empate técnico, teve o merecido espaço no blog. Agora mesmo você informa da viagem que o Aécio faz à Belém, hoje. Assim, não fica muito difícil perceber o caráter tendencioso do blog em favor dos tucanos – mesmo na sua enquete para presidente da república não há oscilação no placar. Será que há uma consciência formada e permanente (sem querer ser desrespeitoso) dos visitantes e frequentadores do blog Zedudu em favor do Serra, como se estes estivessem alienados da campanha eleitoral que está em curso e que pode influenciar numa mudança de voto em favor de um ou de outro? Pois é latente no seu blog pela qualidade dos post um favorecimento ao candidato tucano. Fica, portanto, muito difícil tu dizeres o contrário, é só observar os posts em favor dos tucanos. Para ser blogueiro com a finalidade de informar, não se pode ferir o princípio da neutralidade da informação, se não o exercício da crítica tornar-se-á quimera num jogo que não é de faz de conta.

Deixe seu comentário