Acidente com trem de carga da Vale deixa parte da EFC paralisada; veja o vídeo

Segundo a mineradora, em nota, não houve feridos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um acidente ferroviário envolvendo um trem de carga da Vale que levava minério de ferro para São Luís (MA) aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (23), próximo à estação de passageiros de Itainópolis, da Estrada de Ferro Carajás (EFC), entre os municípios de Parauapebas e Marabá. Não houve feridos.

Em decorrência do imprevisto, o embarque de passageiros na estação de Parauapebas foi suspenso e transferido para Marabá, conforme informou a mineradora Vale em nota. Nos próximos dias, passageiros de Parauapebas serão transportados para Marabá por via rodoviária. A Vale não deu previsão para o retorno total das atividades no trecho Parauapebas-São Luís.

O último acidente de grande porte que provocou a interdição total ou parcial da EFC foi em 2018, quando a operação na ferrovia ficou paralisada por dois dias.

Inaugurada em 1985, a Estrada de Ferro Carajás tem 892 quilômetros de extensão, ligando a maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo, em Carajás, no sudeste do Pará, ao Porto de Ponta da Madeira, em São Luís (MA). Por seus trilhos, são transportados 120 milhões de toneladas de carga e 350 mil passageiros por ano. Circulam cerca de 35 composições simultaneamente, entre os quais um dos maiores trens de carga em operação regular do mundo, com 330 vagões e 3,3 quilômetros de extensão. Ela também lidera o ranking das ferrovias mais eficientes do Brasil graças ao constante investimento em tecnologia.

Confira a nota da mineradora na íntegra:

Ocorrência na EFC altera fluxo no trem de passageiros

A Vale informa que a viagem do Trem de Passageiros desta sexta-feira (24) com destino a São Luis (MA) iniciou em Marabá, em virtude de ocorrência ferroviária, que interrompeu a linha férrea na altura do KM 788 da Estrada de Ferro Carajás, no município de Marabá, no final da tarde da quinta-feira (23). Os passageiros com embarque em Parauapebas foram conduzidos da estação ferroviária do município, por transporte rodoviário, até a estação de Marabá, para embarque e seguir viagem.

A operação da ferrovia está temporariamente suspensa para realização de serviços para reestabelecimento da via. 

A Vale ressalta que não houve feridos e que a ocorrência está sendo avaliada por equipe técnica no local.

As viagens no trem de passageiros serão continuadas no trecho São Luis (MA)/Marabá (PA), nos dois sentidos, pelos próximos dias.

O percurso entre Marabá a Parauapebas seguirá sendo feito por via rodoviária, com o fornecimento de ônibus para transporte dos usuários para embarque e desembarque no trem nos dois sentidos.

Outras informações no Alô Ferrovias 0800 285 7000.