Vereadores aprovam indicação para criação da Guarda Civil de Canaã dos Carajás

O pedido foi feito pelo vereador João Nunes (MDB) que justificou que o efetivo de policiais militares é pequeno na cidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, realizada nesta terça-feira, 3, o vereador João Nunes (MDB) apresentou a indicação para a criação da guarda civil municipal. O pedido foi votado e aprovado por unanimidade.

Durante a defesa do indicativo, o vereador argumentou que em Canaã, o efetivo de policias militares é pequeno, uma vez que a cidade cresceu e a insegurança aumentou. João Nunes apresentou exemplos de outras cidades, bem menores que Canaã. “ Em Bom Jesus do Tocantins, um município bem pequeno, que tem uma arrecadação de 2 milhões e meio de reais por mês, lá você vê a guarda municipal preparada, com viaturas que dão mais segurança para a população”. Para o vereador, a guarda seria um apoio para os policiais militares que muitas vezes estão em ocorrências distante do centro e nem sempre estão disponíveis para as chamadas de emergência. O vereador também citou Parauapebas que tem uma guarda municipal.

Dúvidas

Mas o vereador gerou dúvidas quando iniciou sua fala dizendo que a Prefeitura poderia contratar uma empresa para fazer o serviço de segurança. O presidente da Câmara, Wilson Leite, pediu para que João Nunes explicasse melhor se o pedido era a terceirização da segurança ou uma guarda efetiva do quadro do município. Nunes reafirmou que seria guardas do quadro municipal, mas que cabia ao executivo decidir a melhor forma para criar a guarda. E enfatizou que a seleção seria criteriosa. “Terá que ser feita uma seleção cautelosa, com bons profissionais capacitados”.

Nunes finalizou sua fala cobrando dos demais vereadores que além de aprovar o pedido, os colegas também cobrassem do executivo a criação da guarda municipal.

Sobre a falta de policiais na cidade, o comandante da PM de Canaã dos Carajás, Tenente Guimarães, preferiu não comentar a declaração do vereador.

Publicidade

Posts relacionados