Vaqueiro morre eletrocutado ao tentar restabelecer a energia na zona rural

Paulo Sérgio Vieira de Sousa e um amigo tentavam ativar a canela de um transformador quando ele sofreu a descarga elétrica

Continua depois da publicidade

O vaqueiro Paulo Sérgio Vieira de Sousa, de 51 anos de idade, natural de Sento Sé (BA), morreu vítima de descarga elétrica, por volta das 19h de ontem, quinta-feira (28). Ele e um amigo tentavam ativar a canela (chave fusível) de um transformador para reestabelecer a energia elétrica na propriedade em trabalhava, quando aconteceu o acidente fatal.

O palco da tragédia foi a Fazenda Santa Maria, localizada na zona rural de Marabá, distante cerca de 50 quilômetros de Parauapebas. Equipe de polícias civis e do IML, acompanhadas de um perito criminal, se dirigiram ao local.

Após os trabalhos de praxe, o corpo de Paulo Sérgio de Sousa foi removido para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, de Parauapebas, e posteriormente, liberado aos familiares para sepultamento.

Concessionária alerta

A Equatorial Energia Pará frequentemente alerta a população para possíveis acidentes envolvendo eletricidade no que diz respeito a manuseio da rede elétrica em áreas externas.

De acordo com a empresa, é muito importante que a população tenha consciência de que o ato de fazer qualquer interferência na rede de distribuição pode causar acidentes graves e muitas vezes fatais, com o que tirou a vida de Paulo Sérgio Vieira de Sousa.

(Caetano Silva)