Vacinação dos rebanhos contra aftosa tem novo prazo

Este ano o produtor não precisa ir à agência para comprovar a imunização dos animais. Pode fazê-lo pelo WhatsApp ou por e-mail
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) informa a prorrogação do prazo da 1ª etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Pará. A imunização dos rebanhos deve ser realizada entre os dias 1º de maio e 20 de junho e a comprovação até 15 de julho. Anteriormente, a vacinação ocorreria de 1º a 31 de maio. Devem ser imunizados bovinos e bubalinos de todas as idades.

Todas as cidades paraenses estão incluídas na campanha, exceto os 16 municípios do Arquipélago do Marajó e as cidades de Faro e Terra Santa, no Baixo Amazonas. O prazo de imunização de rebanhos de Faro e Terra Santa foi mantido, com término no dia 30 de abril. Porém, a data limite de comunicação da vacina nessas localidades, teve alteração e será até 31 de maio.  O período de vacinação contra a febre aftosa no Marajó está mantido, com início em agosto e término em outubro.

“A Adepará está dispensando a comprovação presencial da vacina. O produtor rural não precisa ir ao escritório da agência para provar que vacinou o rebanho. Basta entrar em contato pelo WhatsApp ou pelo e-mail que vai conseguir fazer essa comprovação”, informa o gerente regional da Adepará, Geraldo Teotônio Pereira Jota. 

(Com informações da Agência Pará)