TRE amplia atendimento para os três últimos dias de Recadastramento Biométrico

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O Tribunal Eleitoral do Pará fechou o planejamento para os três últimos dias de atendimento aos eleitores que ainda precisam realizar a biometria na capital paraense. A partir de agora todos os postos de demanda espontânea (CAE, CDP e UFPA) terão sua capacidade de atendimento expandida em 20%.

No Galpão 10 da Companhia Docas do Pará (CDP), o Posto operava com 50 guichês, com uma capacidade de atender 2 mil eleitores por dia. Com mais 10 guichês será possível ampliar o atendimento para 3.500 eleitores.

A mesma expansão será praticada na Central de Atendimento ao Eleitor, na Pedreira, que antes contava com 56 guichês e agora terá 60, ampliando para uma capacidade 2.500 atendimentos por dia.

O eleitor tem ainda disponível o posto da UFPA, no Bloco M, que atende por ordem de chegada cerca de 1 mil eleitores por dia.

O prazo para o Recadastramento Biométrico, em Belém, acaba nesta sexta-feira (23), mas ainda faltam mais de 240 mil eleitores da capital compareceram aos postos de atendimento.

Este ano, o Recadastramento biométrico é obrigatório na capital e em mais 30 municípios do estado. O não comparecimento causará o cancelamento do título eleitoral, consequentemente, transtornos para quem recebe benefícios sociais como Bolsa Família e aposentadoria. O prazo final para o serviço é março de 2018.

Biometria por Bairro

De acordo com os dados do TRE do Pará, os eleitores dos bairros da Pedreira, Marco, Guamá, Jurunas e Marambaia são os que apresentam os maiores índices de ausência.

Faltam revisar:

– Pedreira – 25311

– Marco – 24650

– Guamá – 23817

– Jurunas – 20776

– Marambaia – 18716

Biometria

A Biometria é um dos métodos mais seguros de identificação do indivíduo, pois cada pessoa possui características únicas nas pontas dos dedos, na digital. A modernização do sistema de votação garante uma eleição mais justa e diminuir a probabilidade de fraudes.

São coletadas do Eleitor: 

– Assinatura

– Foto

– As impressões digitais dos dez dedos

É necessário levar os seguintes documentos:

– Carteira de Identificação oficial com foto: RG, Carteira de Trabalho ou Passaporte

– Comprovante de residência atualizado

– Para alistamento, 1º via, é necessário apresentar o documento de reservista (para homens)

– Se tiver mudado de estado civil, é necessário levar a Certidão de casamento.

AS informações são da Assessoria de Comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

Publicidade

Relacionados