Pará

TRE amplia atendimento para os três últimos dias de Recadastramento Biométrico

O Tribunal Eleitoral do Pará fechou o planejamento para os três últimos dias de atendimento aos eleitores que ainda precisam realizar a biometria na capital paraense. A partir de agora …

O Tribunal Eleitoral do Pará fechou o planejamento para os três últimos dias de atendimento aos eleitores que ainda precisam realizar a biometria na capital paraense. A partir de agora todos os postos de demanda espontânea (CAE, CDP e UFPA) terão sua capacidade de atendimento expandida em 20%.

No Galpão 10 da Companhia Docas do Pará (CDP), o Posto operava com 50 guichês, com uma capacidade de atender 2 mil eleitores por dia. Com mais 10 guichês será possível ampliar o atendimento para 3.500 eleitores.

A mesma expansão será praticada na Central de Atendimento ao Eleitor, na Pedreira, que antes contava com 56 guichês e agora terá 60, ampliando para uma capacidade 2.500 atendimentos por dia.

O eleitor tem ainda disponível o posto da UFPA, no Bloco M, que atende por ordem de chegada cerca de 1 mil eleitores por dia.

O prazo para o Recadastramento Biométrico, em Belém, acaba nesta sexta-feira (23), mas ainda faltam mais de 240 mil eleitores da capital compareceram aos postos de atendimento.

Este ano, o Recadastramento biométrico é obrigatório na capital e em mais 30 municípios do estado. O não comparecimento causará o cancelamento do título eleitoral, consequentemente, transtornos para quem recebe benefícios sociais como Bolsa Família e aposentadoria. O prazo final para o serviço é março de 2018.

Biometria por Bairro

De acordo com os dados do TRE do Pará, os eleitores dos bairros da Pedreira, Marco, Guamá, Jurunas e Marambaia são os que apresentam os maiores índices de ausência.

Faltam revisar:

– Pedreira – 25311

– Marco – 24650

– Guamá – 23817

– Jurunas – 20776

– Marambaia – 18716

Biometria

A Biometria é um dos métodos mais seguros de identificação do indivíduo, pois cada pessoa possui características únicas nas pontas dos dedos, na digital. A modernização do sistema de votação garante uma eleição mais justa e diminuir a probabilidade de fraudes.

São coletadas do Eleitor: 

– Assinatura

– Foto

– As impressões digitais dos dez dedos

É necessário levar os seguintes documentos:

– Carteira de Identificação oficial com foto: RG, Carteira de Trabalho ou Passaporte

– Comprovante de residência atualizado

– Para alistamento, 1º via, é necessário apresentar o documento de reservista (para homens)

– Se tiver mudado de estado civil, é necessário levar a Certidão de casamento.

AS informações são da Assessoria de Comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

Deixe seu comentário