Thiego Marques estará com a Seleção Brasileira de Judô Paralímpico no Canadá

Campeonato das Américas, em Calgary, no Canadá, será no dia 20 de maio, e vai contar pontos para o ranking mundial
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Nem bem participou de uma competição importante, que foi a Copa do Mundo IBSA de Judô Paralímpico, realizada na última segunda-feira (23), em Antalya, na Turquia, a delegação brasileira de judô paralímpico, já visa um próximo desafio, o Campeonato das Américas, em Calgary, no Canadá, no dia 20 de maio.

Desta vez, a Seleção Brasileira vai mais forte com 13 judocas, entre eles novamente Thiego Marques, de Parauapebas, que vai lutar na categoria ligeiro até 60kg. Além de maior número de atletas, a comissão técnica também será maior, com sete integrantes e o professor Antônio Sérgio Soares, descobridor do talentoso Thiego, vai seguir como chefe de delegação.

Na Turquia, a seleção conquistou três medalhas, mas o parauapebense, Thiego Marques, não conseguiu medalhar e ficou em nono lugar de 23 atletas em sua categoria, mas nada que tire a confiança do judoca, que pretende chegar firme no Canadá, subir ao pódio e pontuar, já que vai valer pontos para o ranking mundial visando sua classificação para os Jogos Paralímpicos deTóquio 2020.

“Na Turquia eu perdi, mas daqui há três semanas praticamente, vai ter o Campeonato das Américas, no Canadá. Na Turquia foi um grande aprendizado com diversos treinamentos, com diversas pessoas de outros países, inclusive os japoneses e agora é ir para o Canadá. Muita concentração e pensar em fazer o melhor lá, e conto com o apoio de todos para buscar meus objetivos”, disse Thiego Marques.

O professor Antônio Sérgio, desta vez, vai integrar a comissão técnica como chefe de delegação. A CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais) acredita muito na seleção que irá ao Canadá e a responsabilidade do professor é enorme, em conduzir a delegação junto com os técnicos Alexandre Garcia e Jaime Bragança. O grupo que vai ao Canadá é considerado o melhor do nosso país no Judô Paralímpico.

“Estava aguardando com muita ansiedade essa convocação. É a terceira vez que sou convocado como chefe de delegação. Fui ao Campeonato das Américas ano passado, que foi aqui no Brasil, depois na Copa do Mundo no Uzbequistão, também em 2017. Dessa vez, o compromisso é no Canadá. As expectativas são as melhores possíveis, é a principal competição continental. Nós, de Parauapebas, estamos na vanguarda dessa modalidade, já que temos um atleta buscando essa pontuação, e eu agora como profissional de educação física, estando à frente do Judô do município, através da SEMEL e da AEPA”, afirmou Antônio Sérgio.

Thiego Marques e Antônio Sérgio irão seguir para o Canadá com a delegação brasileira no dia 16 de maio. Antes do embarque, os judocas irão se concentrar em São Paulo no período de 28 de abril a 06 de maio, onde passarão pela III fase de treinamento.

Confira a convocação completa para o Campeonato das Américas IBSA de Judô Paralímpico

Seleção Feminina

Ligeiro – 48kg – Luiza Guterres Oliano (GNU-RS)

Meio-Leve – 52kg – Karla Ferreira Cardoso (CEIBC-RJ)

Leve – 57kg – Maria Nubea dos Santos Lins (Instituto Reação-RJ)

Meio-Médio – 63kg – Lúcia da Silva Teixeira Araújo (CESEC-SP)

Médio – 70kg  – Alana Martins Maldonado (AMEI-SP)

Pesado – acima de 70kg – Meg Rodrigues Vitorino Emmerich (IRM-PR) e Rebeca de Souza Silva (APADV-SP)

Seleção Masculina

Ligeiro – 60kg – Thiego Marques da Silva (AEPA-PA)

Leve – 73kg – Luan Simões Pimentel (ISMAC-MS)

Meio-Médio – 81kg – Harlley Damião Pereira Arruda (CESEC-SP)

Médio – 90kg – Arthur Cavalcante da Silva (ADEVIRN-RN)

Meio-Pesado – 100kg – Antônio Tenório da Silva (CESEC-SP)

Pesado – acima de 100kg – Wilians Silva Araújo (CEIBC-RJ)

Comissão Técnica
Alexandre de Almeida Garcia – Técnico
Jaime Roberto Bragança – Técnico
Roger Alves da Fonseca – Preparador Físico
Thiago Claudino Gomes Righetto – Médico
Antônio Sérgio Soares – Chefe de Delegação

Por Fábio Relvas