Servidores da saúde recebem treinamento sobre elaboração de boletins epidemiológicos

A capacitação acontece em Marabá, ministrada pela Organização Pan-Americana da Saúde, com a participação de técnicos e enfermeiros do município
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Encerra nesta quinta-feira (13), em Marabá, treinamento ministrado pela Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), organismo ligado à OMS (Organização Mundial de Saúde), cujo objetivo é aperfeiçoar o trabalho dos profissionais de saúde no que diz respeito à elaboração das estatísticas dos boletins sobre a covid-19.

O treinamento iniciou na terça-feira (11) e dele participam 20 profissionais de saúde, entre técnicos e enfermeiros do município, notadamente da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde.

Participam ainda do treinamento, que acontece no campus da Uepa, convidados do Hospital Regional Público do Sudeste, Hospital de Campanha, Secretaria de Estado de Saúde, Universidade do Estado do Pará (Uepa) e Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).

A Opas encaminhou três profissionais para ministrar as oficinas em Marabá. A equipe é coordenada pela consultora de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres, do escritório da OPAS e da OMS no Brasil, Fabiana Ganem. “A convite da Secretaria de Saúde de Marabá, estamos organizando uma oficina com técnicos de vigilância do município para aperfeiçoar a análise e produção de boletins epidemiológicos. Esse trabalho vai permitir agilizar a avaliação dos indicadores e, assim, encurtar o tempo de resposta e tomada de decisão”, explicou ela. 

O encontro está discutindo as estratégias de combate à covid-19, planos e metas elaboradas e em construção no município, como também as ações do governo contra a propagação do vírus, já que os números existentes possibilitam realizar um planejamento e execução do trabalho para o combate à doença.

“É um momento singular no nosso trabalho de combate à covid-19. Desde os primeiros casos o governo municipal já estava preparado com uma estrutura de atendimento à população, médica e de enfermagem, psicológica, a qual mantemos e vamos continuar. E este trabalho de parceria técnica com a Opas vai trazer mais condições aos nossos profissionais de enfrentamento à covid-19 em Marabá”, avalia Valmir Silva Moura, secretário municipal de Saúde.

Por Eleuterio Gomes – de Marabá, com informações da Ascom PMM

Publicidade