Segunda ponte do Liberdade, em Parauapebas, será demolida para construir outra

Detalhes constam de edital, que será disponibilizado no portal da transparência nas próximas horas. Obra deve gerar empregos com carteira assinada e melhorar fluidez do tráfego do bairro

Continua depois da publicidade

O trânsito de 10 mil veículos diários do Bairro Liberdade, com acesso ao centro da cidade pelo União, deverá passar por mais um sufoco em breve. Mas será temporário. É que a administração do prefeito Darci Lermen já deu o “start” para a licitação que escolherá o “gato” que vai refazer a ponte sobre o Igarapé Ilha do Coco que separa a Rua Santa Catarina, no Liberdade, da Rua 10, no Bairro União. As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu.

Nesta quarta-feira (16), a Unidade Executora do Programa de Saneamento Ambiental de Parauapebas (Prosap) avisou no Diário Oficial do Município que em 18 de abril serão apreciadas as propostas comerciais para demolição da ponte existente e construção de uma nova. Até o meio-dia desta quarta, contudo, o edital da concorrência com detalhes do serviço ainda não havia sido disponibilizado no portal da transparência.

A julgar pela obra da primeira ponte — que separa as ruas Vinícius de Moraes (Liberdade) e 11 (União) — o preço estimado da obra deve ficar em torno de R$ 2,7 milhões. Nessa, a empresa Técnica Engenharia construiu a estrutura de arte e a entregou em tempo recorde no ano passado, causando admiração e satisfação na cidade devido à rapidez não esperada para uma obra pública — que geralmente se arrasta entre aditivos e burocracias.

A expectativa é de que a obra gere cerca de 50 postos de trabalho com carteira assinada na construção civil e, quando concluída, garanta segurança ao tráfego do Liberdade e embeleze a entrada do bairro, que tem cerca de 15 mil habitantes — mais gente que a população inteira de Curionópolis.

%d blogueiros gostam disto: