Santa Maria, uma cidade que sorri!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um grupo de mais de 50 músicos de Santa Maria – RS está envolvido em um movimento para “religar” a cidade após o trágico acidente na Boate Kiss. Para tanto, dezenas de cantores santa-marienses reuniram-se no Calçadão Salvador Isaia, em Santa Maria, para cantar a música de Beto Pires que leva o nome da cidade com a iniciativa de gerar um movimento de autoestima na cidade, para religar-se.

“Não se trata de nenhuma homenagem as vítimas ou familiares, por quem temos um profundo respeito e somos solidários. Também não se trata de referência a tragédia, embora seja difícil desvinculá-la”, afirma Zé Everton, um conhecido militante na cultura da cidade e um dos idealizadores da ação, que visa a produção de dois CLIP’s cujo o objetivo é mostrar a Santa Maria que VIVE e é feliz, solidária, jovem, hospitaleira, acolhedora, divertida, entre tantos outros adjetivos que faz com que o grupo ame aquele pedaço de chão.

Com a autorização e participação do músico e compositor Beto Pires, o grupo regravou a música SANTA MARIA, que é considerada símbolo da cidade. O arranjo ficou por conta de Gustavo Chagas Leitão e Arno Iajur Britz, que junto com Zé Everton coordenam este movimento que tem a participação de outros artistas da terra.

“Nosso empenho é contribuir para que a cidade volte a sorrir, que a autoestima de nosso povo reapareça, que possamos sair deste estado de atordoamento e tristeza profundo, que possamos lembrar de aspectos de nossa cidade que nos fazem acreditar e nos orgulharmos e dizer “SIM eu SOU DE SANTA MARIA”, disse Zé Everton.

Ainda segundo Zé Everton, é preciso superar esse momento. “Sofremos todos com as dores de tudo o que aconteceu, mas queremos voltar a VIDA. Acreditamos que ações como esta de envolvimento coletivo e voluntário podem sim contribuir para superarmos este momento. Muitos de nós envolvidos nascemos em aqui, outros adotaram a cidade para viver. Alguns de nós temos filhos e queremos que eles cantem a cidade de Santa Maria com alegria assim como nós. Entendemos que é necessário que haja uma dedicação de muitas pessoas das diferentes profissões para superar o trauma, nós músicos estamos fazendo a nossa parte”, concluiu.

O trabalho, produzido de forma modesta, mas com alto empenho pessoal e profissional de muitas pessoas de Santa Maria, foi feito com o coração. Confira o Clipe clicando aqui.