Rio: avaliação periódica obrigatória será debatida com entidades

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A prefeitura do Rio de Janeiro estuda medida onde os condomínios podem ser obrigados a providenciar laudos periódicos, de engenheiros ou arquitetos, sobre as condições estruturais dos edifícios. A documentação auxiliaria vistorias por amostragem. O secretário de Urbanismo, Sérgio Dias, debaterá o tema com entidades de classe. Legislações semelhantes, já existem em vários países.

Ontem foram achados, no entulho, partes de corpos de mortos no desabamento no Centro. Segundo especialistas, a rapidez na remoção dos escombros pode prejudicar a perícia.

Uma associação das vítimas dos prédios que desabaram no Rio de Janeiro conseguiu na Justiça liminar que obriga a prefeitura a permitir o acesso ao local onde estão sendo levados os escombros. Na sexta, uma equipe do jornal Folha de S. Paulo flagrou operários desviando bens das vítimas no depósito intermediário onde estava o entulho.

Familiares de desaparecidos na queda dos prédios no Rio permanecem na Câmara dos Vereadores à espera de notícias. O comandante dos bombeiros admitiu, pela primeira vez, que algumas pessoas podem nunca ser encontradas.