Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Residencial Alto Bonito beneficia 1.392 famílias em Parauapebas

A cerimônia de entrega aconteceu na quinta-feira (5), com a presença do prefeito, demais autoridades e cidadãos contemplados

Em cerimônia realizada na tarde da quinta-feira (5), 1.392 unidades habitacionais da fase 2 do Residencial Alto Bonito, localizado nas proximidades da PA-160 foram entregues a seus moradores. Autoridades, representantes da Caixa Econômica Federal, Ministério das Cidades, prefeito Darci Lermen e famílias contempladas participaram do evento.

Nesta fase, mais de 5.500 pessoas estão sendo beneficiadas com a casa própria, no residencial que dispõe de apartamentos com área privativa de 47 metros quadrados: dois quartos, circulação, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O empreendimento, que faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida, é destinado a famílias que têm renda mensal de até R$ 3.275,00.

O Secretário de Habitação, Cristian Miranda, lembrou que foram entregues 1.008 unidades na primeira fase do projeto. “Estávamos acompanhando algumas famílias em especial, famílias muito carentes, que hoje vão receber a sua moradia, o seu apartamento e ter esta felicidade, esta dignidade de poder morar naquilo que é seu, aquilo que é digno e abençoado por Deus”, comemorou.

O Secretário também adiantou que, a prefeitura já tem um plano para, em breve, adquirir mais dois mil lotes urbanizados, a retomada do Nova Carajás, com mais 1.192 unidades. “Estamos prontos e preparados para fazer um trabalho com dignidade”.

O vereador Luiz Castilho também participou da cerimônia. Ele comemorou o momento. “Estou feliz enquanto ser humano e também como vereador em poder vivenciar um momento de tanta alegria como este, que é dar uma casa para a pessoa, como a Dona Faustina, com 72 anos de idade, que nunca teve a oportunidade de ter uma casa”.

Castilho também destacou que a preocupação da gestão municipal não é apenas entregar a casa, e sim um lar. “Para isso, os equipamentos públicos estão sendo melhorados, para contemplar este grande complexo, com 1.092 habitações”.

Uma das beneficiadas com o projeto é Faustina Pereira da Silva, de 76 anos. Ela nos contou que nasceu no Piauí, mora há 15 anos em Parauapebas e há mais de 10 vinha sofrendo, sem um lugar para fixar residência. “Hoje é um dia muito importante, porque vou receber a minha casa. Eu passei mais de 10 anos sofrendo, rolando de lá pra cá, mas hoje eu estou sendo uma vencedora e eu estou aqui agradecendo a Deus. Estou muito feliz!”. Ela mora com a neta, de 26 anos.

Deixe uma resposta