Redenção: Ao procurar acusado de atirar em policial, PM prende dois por tráfico de drogas

A dupla foi presa nesta terça-feira (18), em uma casa, com porções de maconha e cocaína. A Polícia Militar foi até a residência após receber denúncia que no local estava escondido o homem que atirou em um subtenente da corporação durante uma tentativa de assalto na semana passada
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Após receber denúncia anônima de que Whelley Maranhão da Silva, de 20 anos, estava escondido em uma casa em Redenção, no sul do Pará, guarnições da Polícia Militar foram até local para tentar prendê-lo.  Whelley é acusado de atirar no subtenente da corporação, RR. Félix, durante uma tentativa de assalto na última sexta-feira (14), na cidade.

Na casa, o suspeito não foi entrado, mas a guarnição prendeu duas pessoas acuadas de tráfico de drogas. Segundo a PM, na manhã desta terça-feira (18), chegou uma denúncia anônima à corporação, informado que Whelley Maranhão estava homiziado em uma casa desde o dia do crime.

Imediatamente viaturas foram deslocadas até o endereço. No imóvel foi encontrado um homem, que negou envolvimento no crime. Logo depois, chegou o tio dele, que afirmou ser o dono da casa e autorizou os policiais a revistar o imóvel.

Na revista, foi encontrada dentro de um caixa de sapato uma quantidade de maconha e cocaína. Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Redenção, para os procedimentos cabíveis.

A Polícia Militar seguem procurando Whelley Maranhão e pede a quem tiver informação do paradeiro dele, que informe à corporação. O anonimato será garantido.

Ele é o principal suspeito de atirar subtenente RR. Felix, durante uma tentativa de assalto na manhã da última sexta-feira. O policial foi alvejado com três tiros. Ele foi operado no Hospital Regional de Redenção e não corre risco de morte.

Tina Debord

Publicidade