PRF inicia Operação Férias Escolares 2021 nas rodovias federais do Pará

A operação, que começa nesta sexta-feira (2), contará com ações de policiamento e fiscalização com foco na segurança viária e em especial na prevenção dos acidentes de trânsito. A expectativa da PRF é que haja um aumento no fluxo de veículos em todas as rodovias do estado devido ao período de recesso escolar
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
PRF inicia, nesta sexta-feira (2), a Operação Férias Escolares 2021

Continua depois da publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, nesta sexta-feira (2), a Operação Férias Escolares 2021, que será estendida até o dia 2 de agosto. A estratégia é reforçar o policiamento e a orientação de trânsito em locais e horários de maior fluxo de veículos, incidência de acidentes graves e de crimes.

O operação vai contar com o apoio da Arcon, Detran-PA, DNIT, Corpo de Bombeiros, PRE-PM, Samu e departamentos municipais de trânsito. De acordo com a PRF, é típico nessa época do ano na Região Amazônica o aumento da procura por balneários ou de viagens no chamado Verão Amazônico e férias escolares, quando ocorre a estiagem no Norte do País.

No Pará, essa realidade não é diferente e a elevação do fluxo de veículos nas rodovias federais duplica, o que implica em aumento no risco de acidentes. Durante o período da operação, a PRF contará com atividades para conter os acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e às ultrapassagens indevidas.

Segundo a PRF, os agentes também estarão atentos ao porte ilegal de armas de fogo, ao tráfico de drogas, a exploração sexual de crianças e adolescentes e aos crimes contra o meio ambiente. Ações de Educação para o Trânsito também serão implementadas para conscientização dos motoristas da sua importância para redução de acidentes.

O foco da atividade será nos comportamentos que geram maior risco de acidentes ou que aumentam a gravidade para os envolvidos. A BR-316, que liga a Região Metropolitana de Belém aos principais balneários do estado, assim como para outros estados, registra o maior aumento de fluxo de veículos. Por isso, a rodovia receberá reforço de policiais de outras regiões do Pará, onde o fluxo é menor, e também dos que trabalham na sede da Superintendência da PRF.

Para esta operação, a PRF atuará com cerca de 300 policiais em escala de revezamento, com a utilização de radares, etilômetros (bafômetro), motocicletas e viaturas em ronda. Em busca de soluções efetivas para o trânsito durante o mês de julho, as ações de policiamento, fiscalização e atendimento a vítimas de acidentes serão realizadas de forma integrada envolvendo órgãos estaduais e municipais.

Para evitar acidentes e chegar com segurança ao destino, a Polícia Rodoviária Federal orienta os condutores a respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

A PRF também destaca que é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

Em caso de emergências, a PRF informa que a pessoa deve ligar para o 191 ou comparecer em uma das unidades operacionais da corporação no estado.

Tina DeBord