Parauapebas

Presidente da Câmara de Parauapebas a um passo de filiar-se ao PMDB

O presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Ivanaldo Braz (foto), viaja hoje à capital do Pará para um importante encontro político. O vereador, que atualmente está no Solidariedade, negociou …

BRAZO presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Ivanaldo Braz (foto), viaja hoje à capital do Pará para um importante encontro político. O vereador, que atualmente está no Solidariedade, negociou com seus colegas de partido a sua saída da legenda sem prejuízo do cargo. Braz alinhava sua filiação no PMDB de Jáder e Helder Barbalho.

Um encontro entre os caciques do partido no Pará e o presidente da Câmara de Parauapebas para fechar questão está agendado para logo mais. Na viagem, Braz será acompanhado pelo presidente do Diretório Municipal do PMDB, Cassio Flauzino de Oliveira.

Com a recente autorização do TSE para a criação de dois novos partidos, o NOVO e a REDE, deverá acontecer uma verdadeira metamorfose na composição das legendas partidárias na Câmara Municipal de Parauapebas, que hoje conta com oito legendas.

O PT tem quatro vereadores (Joelma, Eliene, Miquinha e Euzébio); o SD tem quatro vereadores (Braz, João do Feijão, Charles e Pavão); o PP tem dois vereadores (Bruno e Zacarias); PSC (Maridé), PTB (Massud), PSDC (Barrão), PV (Teca) e PMDB (Marcelo Parcerinho) têm um vereador cada. 

É bom lembrar que, conforme previsto no Artigo 9º, da Lei nº 9.504/97, “para concorrer às eleições, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, um ano antes do pleito e estar com a filiação deferida pelo partido no mesmo prazo.

As Eleições para os cargos de vereador, prefeito e vice-prefeito do ano de 2016 serão realizadas no dia 02 de outubro, primeiro domingo do mês. Quem pretende concorrer tem até o dia 02 de outubro deste ano para se filiar a um partido político.

3 comentários em “Presidente da Câmara de Parauapebas a um passo de filiar-se ao PMDB

  1. Senna Responder

    Na dança das cadeiras, o que é mais importante? Um Partido forte para fortalecer o político? Ou, um político forte para fortalecer um Partido?

Deixe seu comentário