Prefeitura e ICMBio iniciam Plano de Trabalho para abertura da Flona de Carajás por Canaã

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Flona de Carajás - Conexão jornalismoA prefeitura de Canaã dos Carajás e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), por meio da chefia da Floresta Nacional de Carajás (Flona), vão iniciar essa semana a elaboração do Plano de Trabalho para a abertura da reserva florestal para visitação, partindo de Canaã dos Carajás, e para a criação de um Centro de Educação Ambiental no município.

O “pontapé inicial” para a elaboração do Plano foi dado em reunião, nesta terça-feira (15), no gabinete do prefeito Jeová Andrade, com a presença de representantes da administração da Flona e das secretarias de Meio Ambiente, Educação e Desenvolvimento Econômico.

À prefeitura caberá garantir uma estrutura para o Centro de Educação Ambiental, além de profissionais para o projeto. Já o ICMBio fará a capacitação do corpo técnico e vai monitorar o andamento do programa, juntamente com a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Após a implantação do projeto, a licença para a entrada no Núcleo Urbano e para o zoológico de Carajás também serão expedidos pelos órgãos municipais de Canaã.

O prefeito Jeová Andrade celebrou a parceria, lembrando que Canaã dos Carajás, e a região Sul do Pará, são privilegiados por terem uma grande diversidade ambiental. “Vamos abraçar esse projeto. O que o município tem que investir é pouco diante do retorno que isso vai nos trazer em turismo no futuro”, disse.

Jeová também lembrou que, recentemente, Canaã recebeu o selo do Programa Município Verde, do governo do Estado, e destacou que essa responsabilidade “não pode ficar só no papel”.

Já o chefe da Flona de Carajás, Frederico Martins, reforçou a intenção de ficar mais próximo a Canaã. “A gente vê que a comunidade está presente nas discussões e abraçando essa causa”.

Publicidade

Posts relacionados