Ipixuna

Prefeitura de Nova Ipixuna vai construir estádio municipal para resgatar esporte

Valor da obra, R$ 304 mil, é menor que parcela do royalty d’água que governo local recebeu no mês passado (R$ 355 mil) por ter parte de sua área inundada pela Hidrelétrica de Tucuruí.

Os 16.500 habitantes do pacato município de Nova Ipixuna devem ganhar um estádio “zero quilômetro” em breve. É que a prefeitura local abriu licitação para contratar uma empresa de engenharia que tope realizar o serviço por R$ 304.144,34. A contratação está sendo feita por meio da modalidade carta-convite, que pode ser realizada no valor de até R$ 330 mil para obras e serviços de engenharia, conforme a Lei de Licitações e Contratos. As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu e podem ser consultadas aqui:

Licitação 1/2019-001 PMNI

O valor do estádio é modesto para acompanhar a receita local, que totaliza R$ 38,42 milhões por ano, de acordo com o Tesouro Nacional. À beira do Rio Tocantins, Nova Ipixuna é um dos municípios que tiveram área territorial inundada pela Usina Hidrelétrica de Tucuruí e, por isso, recebe a Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH), os royalties d’água. Ano passado, foram R$ 2,41 milhões em royalties, cerca de 6% da receita; este ano, até junho, R$ 1,77 milhão, cerca de 10%, conforme apurou o Blog.

A depender do nível do reservatório, apenas um mês de royalties é suficiente para a Prefeitura de Nova Ipixuna pagar o estádio. Segundo a administração municipal, o governo local pretende resgatar e retomar as atividades esportivas, proporcionando melhor infraestrutura ao estádio, que era frequentado por elevado número de pessoas quando da realização de jogos e demais campeonatos de futebol.

Deixe seu comentário