Jovem acusado de assalto enfrenta a PM e morre no confronto

Antes, ele tentou se esconder, invadindo uma casa e fazendo uma família refém. Localizado num dos quartos do imóvel, o acusado atirou contra os policiais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Morreu baleado, no início da noite ontem, sexta-feira (8), Maurício Mateus Bezerra dos Reis, 23 anos, o Mateuzinho. De acordo com Boletim de Ocorrência lavrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, após fazer uma família refém, no Bairro da Paz, ele enfrentou uma guarnição policial militar armado de revólver e acabou atingido pelas balas dos policiais. Mateuzinho ainda foi socorrido e levado ao Pronto-Socorro, mas, não resistiu e perdeu a vida.   

Segundo uma das vítimas, que estava muito abalada na Delegacia de Polícia, ela se encontrava em casa com a filha mais duas crianças, quando o rapaz, de arma empunho, invadiu a residência, mandando que todos se trancassem em um quarto do imóvel, enquanto ele se escondia em outro, debaixo de uma cama. Logo em seguida aconteceu o tiroteio.

O cabo S. Barros, das Rocam (Rondas Ostensivas com o Apoio de Motos), contou à Reportagem do Blog que, por volta das 18h40, recebeu um comunicado dando conta de que um jovem estava cometendo vários assaltos no Bairro da Paz, e dirigiu-se para o local.

Já no bairro, passou a fazer rondas, quando sua guarnição identificou o acusado conforme as descrições fornecidas pelas vítimas. Maurício Mateus, assim que avistou os policiais, saiu correndo, atravessou vários quintais, pulou muros e cercados até invadir uma casa.

Os PMs entraram no imóvel e localizaram ao rapaz, que enfrentou a guarnição e, no confronto, saiu perdendo. De acordo com S. Barros, o rapaz já tinha passagens pela Delegacia de Polícia por vários roubos, era contumaz nessa prática e, em algumas ocasiões, chegou até a balear as vítimas.

(Caetano Silva)

Publicidade
%d blogueiros gostam disto: