Pará

Polícia Federal inicia processo de reintegração de posse em área indígena no Pará

A operação da PF teve o apoio da Força Nacional de Segurança Pública, do Exército Brasileiro, da Funai (Fundação Nacional do Índio) e do MPF (Ministério Público Federal), que acompanharam o oficial de Justiça na diligência.

A primeira parte de uma ação de reintegração de posse em terra indígena foi realizada ontem pela PF (Polícia Federal) no Pará. Os agentes da instituição estiveram na Terra Indígena Trincheira Bacajá, na região de São Felix do Xingu (PA), e entregaram uma intimação para que eles deixem a área no prazo de sete dias sob pena de multa diária de R$ 1.000 e retirada forçada.

Segundo a PF, um dos principais líderes do movimento, presidente da Associação Terra Prometida, foi identificado e auxiliou nas negociações.

Houve uma reunião com dezenas de ocupantes da área para informá-los dos termos da decisão da Justiça e consequências de seu não cumprimento.

A operação da PF teve o apoio da Força Nacional de Segurança Pública, do Exército Brasileiro, da Funai (Fundação Nacional do Índio) e do MPF (Ministério Público Federal), que acompanharam o oficial de Justiça na diligência.

Fonte: Uol

Deixe seu comentário