Pedra mística em formato de machadinha é encontrada em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Josélio Nascimento da Silva, 41 anos, funcionário público da Prefeitura de Parauapebas, lotado no Centro Tecnológico da Agricultura Familiar (CETAF), localizado na PA-160, próximo ao Centro de Desenvolvimento Regional – Cedere I, encontrou ontem (08) um artefato supostamente do período Quaternário, época Holoceno. O objeto foi encontrado em uma área próxima ao milharal do CETAF.

Josélio conta que andava pelo milharal do CETAF  logo após uma capina e avistou uma pedra na superfície da terra. Ela mede cerca de 15 centímetros e possui o formato de uma machadinha.

local-da-machadinha-encontrada

O Blog enviou imagens da pedra para Marlon Prado, mestre em Arqueologia da Fundação Casa da Cultura de Marabá. Segundo o arqueólogo, trata-se de uma pedra de raio, ou corisco. “Essa pedra é uma lâmina de machado, produzida pela mão do homem, muito utilizada num período supostamente de, no mínimo, até 12 mil anos. Ela tinha várias funções (servia para derrubar árvores, matar um animal ou até mesmo para rituais ou amuleto da sociedade da época). Na Casa da Cultura de Marabá temos cerca de 90 peças semelhantes e foi realizado um estudo mineralógico delas, obtendo essas informações”, disse o arqueólogo.

machadinha-encontrada-em-parauapebas1

Ainda segundo Marlon Prado, no acervo da Casa da Cultura há vários objetos que foram encontrados em Parauapebas, já que a região era ocupada por caçadores.

A Casa da Cultura de Marabá é depositária de várias peças do período pré-colonial de ocupação da Amazônia, as quais estão disponíveis visualização e pesquisa por parte de visitantes.

Pedra de raio ou corisco, segundo a lenda, é uma pedra que cai do céu junto com os raios, se enterrando no solo e voltando à superfície depois de 7 anos. Ainda segundo a lenda, quem acha tal pedra terá sorte; ou quem guardá-la em casa pode proteger-se contra raios ou atraí-los. Isso muda de região para região.

Segundo Josélio, esta é a terceira peça semelhante encontrada na região por amigos agricultores. Em 2016, foi encontrada uma pedra próxima a um córrego, outra no Cedere I com o dobro do tamanho da encontrada agora por ele.

4 comentários em “Pedra mística em formato de machadinha é encontrada em Parauapebas

  1. marcos Responder

    12 mil anos??Quaternário, época Holoceno?? isso ai caiu foi do girico que ele usou para fazer o arado da terra pra plantar esse milho ai! diga-se por sinal um bonito milharal 🙂

  2. Neide Responder

    Eu acredito que seja o tal corisco aquele que cai com o raio nas arvores e racha arvora lá nas terras do meu pai sempre acontecia isso !

  3. Francesco Costa Responder

    Na minha infância a gente encontrava muito isto.
    Os mais velhos falavam que era corisco (o raio que cai do céu).
    Mas depois compreendi que a gente estava em contato com antigas civilizações que ali viveram.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: