Pasta de Helder Barbalho tem corte orçamentário de quase 78%

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

HBNo contingenciamento orçamentário anunciado na sexta-feira (22) pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, a pasta da Pesca foi a primeira no ranking proporcional dos cortes. Ela, que é comandada pelo paraense Helder Barbalho, teve queda de 77,9%.

Inicialmente, o volume de dinheiro previsto para a secretaria, que tem status de ministério, era de R$ 736 milhões para este ano. O montante caiu para R$ 162 milhões. O corte representa um valor de R$ 574 milhões.

Relacionados