Parauapebas: vereadores apresentam Relatório final da CPI dos Pazinatos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Sessão desta terça-feira, 23, foi presidida pelo 1º Secretário Vereador Odilon Rocha de Sanção (PMDB), em razão da ausência do Presidente da Casa, Euzébio Rodrigues (PT) que se encontrava em viagem parlamentar.

A sessão teve início com a leitura do Relatório final da CPI dos Pazinatos. De acordo com a relatora da comissão, a vereadora Percília Martins (PRTB), não foi constatada nenhuma irregularidade no contrato mantido entre a PMP e o referido escritório de advocacia. “Não me sinto constrangida pelo o que nós analisamos, verificamos a qualidade dos trabalhos do grupo Pazinatos, que ficou comprovada em algumas cidades e empresas. Nós constatamos que o contrato é legal,” explicou a vereadora.

A decisão foi contestada pelo vereador Adelson Fernandes (PDT) membro da Comissão, que disse ser contra o Relatório final da CPI dos Pazinatos, “Esse Relatório ele não é bom, e compromete diretamente a dignidade do povo de Parauapebas, compromete tanto essa Casa quanto a dignidade de cada Vereador”, frisou o parlamentar.

Em seguida foi apresentado o Requerimento de Nº 086/2011 de autoria do Vereador Antônio Massud (PTB), que requer a construção de estacionamento na Avenida Liberdade no perímetro da Rua do Comércio à Rua Santa Maria no Bairro da Paz. De acordo com Massud, por ser uma área de comércio, o fluxo de veículos acaba causando transtorno aos ciclistas e pedestres, “A construção de um estacionamento seria o ideal para sanar os problemas daquela localidade”, disse o Vereador.

Logo após foi apresentado o Projeto e Lei de Nº 014/2011 de autoria do Poder Executivo, que altera o Art. 2º da Lei 4.306 de 4 de Agosto de 2006 que autoriza o Poder Executivo a conceder abono aos Servidores Públicos Municipais de nível elementar, e dá outras providências.

As proposições foram aprovadas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CMP