Parauapebas: entidades e lideranças se mobilizam em prol da criação dos Estados do Carajás e Tapajós

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

O auditório da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (ACIP), na manhã da última terça-feira (20) foi palco de uma importante reunião que contou com diretores das principais entidades do município. O objetivo do encontro é mostrar aos populares a importância da criação dos Estados do Carajás e Tapajós para as regiões que serão beneficiadas com mais investimentos nas áreas de educação, saúde, transporte e muito mais, além de iniciar uma comissão que terá como desafio arrecadar fundos para ajudar nas despesas da campanha e organizar a mesma em Parauapebas e região.

A reunião contou com a presença de diretores da Associação Comercial de Parauapebas (ACIP), Câmara de Dirigentes Lojistas de Parauapebas (CDL), Sindicado dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), União Geral dos Estudantes do Sul e Sudeste do Pará (UGESP), representantes da imprensa e outras várias entidades.

Na oportunidade, o comunicador Raimundo Cabeludo, proprietário da Rádio Arara Azul FM, sugeriu que seja feita uma comissão para percorrer todos os municípios que farão parte do futuro Estado do Carajás, com o objetivo de mostrar aos moradores a importância da criação dos novos Estados. “Infelizmente muitas pessoas ainda não têm noção da grandeza desse projeto e dos vários benefícios que iremos conseguir através dele”, enfoca.

Oriovaldo Mateus, presidente da ACIP, disse não medir esforços para que os novos estados sejam criados. “Moro aqui em Parauapebas há mais de 20 anos e sei bem o quanto sofremos com a ausência de governo. Essa chance que estamos tendo hoje de mudar o rumo de nossa história com a criação dos Estados do Carajás e Tapajós, talvez não teremos nunca mais. Essa é a hora de mostrarmos a nossa força e lutarmos por algo que nos trará vários benefícios”, destaca.

As comissões Pró-Estado de Carajás que foram criadas nos municípios incluídos no novo Estado devem seguir os mesmos critérios de arrecadação de fundos das demais, já que para cada cidade foi estipulado um valor a ser arrecadado, pois as somatórias destes valores é que vão determinar o que se poderá gastar na campanha pelo plebiscito.

Parauapebas tem que colaborar com quase R$ 3 milhões, sendo que até agora o município não colaborou com nada, e por esse motivo as lideranças políticas e de associações organizadas estão se mobilizando para que o município saia do fim da fila no que se diz respeito a arrecadação.

Ações
A comissão formada por lideranças de Parauapebas estabeleceu que vai realizar em breve alguns eventos que devem ser autorizados pela Justiça Eleitoral primeiramente. Entre os eventos, estão programadas um leilão a ser realizado pelo Sindicado dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz) e também uma carreata que deve mobilizar toda a cidade Parauapebas e região.

Comissões
No evento realizado na ACIP, ficou definido o nome das pessoas que irão fazer parte das comissões que terão a missão de organizar vários assuntos referentes ao plebiscito que vai decidir se será criado ou não os Estados do Carajás e Tapajós no dia 11 de dezembro. Confira os nomes sugeridos:

Coordenação Geral: Paulo Uchoa (assessor de comunicação), Euzébio Rodrigues (vereador), Oriovaldo Mateus (presidente da ACIP), Daniel Lopes (presidente da CDL), Marcelo Catalão (presidente do Siproduz), Laércio de Castro (radialista), Flávio Veras (UGESP), além de outras autoridades.

Comissão Política: Faisal Salmen (vereador), Valmir da Integral (empresário), Euzébio Rodrigues (presidente da Câmara), Bel Mesquita (Secretária de Nacional de Turismo), Raimundo Cabeludo (diretor da Arara Azul FM) e José Rinaldo (presidente do PSDB Parauapebas e vice-presidente da ACIP).

Comissão de arrecadação: Darci Lermen (prefeito de Parauapebas), Oriovaldo Mateus (presidente da ACIP), Marcelo Catalão (presidente do Siproduz), Lázaro de Deus Vieira (diretor do Siproduz) e um representante da Câmara Municipal que será nomeado em breve.

Planejamento estratégico: Paulo Uchoa (assessor de comunicação), Bariloche Silva (jornalista), Markesan (empresário), Faisal Salmen (vereador), Manoel Chaves (advogado), Marcos Rocha (líder comunitário) e Pastor Wilton.

Texto e foto: Bariloche Silva – ASCOM ACIP

Publicidade