Parauapebas: CMP libera presença de populares em plenário

A liberação acontece a partir da próxima sessão, na terça-feira (17) que vem. A presença de populares para acompanhar as sessões em plenário estava suspensa desde o início da pandemia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A sessão ordinária da próxima terça-feira (17), da Câmara Municipal de Parauapebas (CMP), já será de portas abertas à população. A decisão foi tomada nesta terça-feira (10) e anunciada pelo presidente da Casa, vereador Ivanaldo Braz (PDT).

A CMP estava realizando as sessões com portas fechadas desde o início da pandemia em obediência às determinações sanitárias, para evitar aglomeração e a disseminação do novo coronavírus. As sessões legislativas estavam sendo realizadas no formato virtual.

De acordo com a Câmara, a liberação da presença de público em planaria foi tomada devido à redução do número de notificações de novos casos de infecção por Covid-19 no Pará e em Parauapebas, um dos municípios mais assolados pela doença no estado. Segundo a presidência da Câmara, a volta à normalidade está sendo de forma paulatina, com o relaxamento das medidas de restrições adotadas, ainda no intuito de mitigar a disseminação da doença.

Outro fato que também motivou o retorno do público durante os debates parlamentares, justifica a presidência da CMP, é a imunização massiva da população, que deu mais segurança para reabrir as portas ao público durante as sessões. A autorização para a retomada do público foi oficializada no Ato da Presidência nº 28/2021, expedido nesta terça-feira, após a sessão ordinária.

A presença do público nas sessões ordinárias e extraordinárias da Casa está limitada a 50% da ocupação total do Auditório João Prudêncio de Brito, ou seja, 249 pessoas. Continuam sendo obrigatórias as medidas preventivas regulares, como uso obrigatório de máscara de proteção, distanciamento mínimo entre pessoas e proibição de aglomerações.

A decisão de reabrir as portas da CMP à população animou os vereadores. “Terça-feira teremos mais calor humano nesta Casa de Leis, pois as portas estarão abertas para a comunidade. Nosso auditório vai receber pessoas até o limite de 50% de sua capacidade. Vencendo a covid-19, estaremos funcionando com nossa totalidade”, ressaltou Ivanaldo Braz.

O novo ato da presidência autorizou também a realização de sessões solenes e eventos externos nas dependências da Câmara, devendo ser obedecido o limite máximo de ocupação de 50% da capacidade física de cada dependência. A Biblioteca Legislativa Sônia Cortez ficará aberta ao público, no horário normal de expediente, tanto para a realização de empréstimos e devoluções de livros quanto para a permanência de pessoas para estudos ou leituras, observando o limite máximo de dez pessoas.

Com a reabertura do plenário, agora a população pode acompanhar as sessões de forma presencial ou através do canal oficial da instituição no YouTube, a partir das 9h.

Tina DeBord – com informações da CMP