Pará vai representar o Norte na Associação Brasileira de Imprensas Oficiais

O presidente da Imprensa Oficial do Estado do Pará, Jorge Panzera, vai representar a região Norte na nova composição da diretoria da Associação Brasileira das Imprensas Oficiais (ABIO).
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O presidente da Imprensa Oficial do Estado do Pará, Jorge Panzera, vai representar a região Norte na nova composição da diretoria da Associação Brasileira das Imprensas Oficiais (ABIO). A eleição ocorreu na tarde desta quinta-feira, 28, em Salvador, na Bahia, durante a 28ª Reunião das Imprensas Oficiais, com a participação de 38 representantes das imprensas oficiais de 17 estados brasileiros, além da Imprensa Nacional.

A chapa eleita para o biênio 2019/2020 reafirmou, na presidência da ABIO, o diretor-geral da Empresa Gráfica da Bahia, Luiz Gonzaga Fraga de Andrade, que agora cumprirá o terceiro mandato consecutivo. Eleita pelo voto de dezessete representantes de imprensas oficiais de estados brasileiros, a nova diretoria é composta por oito líderes, dentre eles representantes regionais do Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além de três outros nomes que compõem o Conselho Fiscal da Abio.

A nova diretoria é composta por Luiz Gonzaga Fraga de Andrade, Diretor-geral da Egba (Presidente); Nourival Pantano Júnior, Diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Vice-presidente); Ricardo Roriz,  Secretário-geral da Segrase – Serviços Gráficos de Sergipe (Secretário-geral); Tiago Baccin, da Imprensa Oficial do Paraná (Representante da Região Sul); José Cláudio Cardoso Ururahy, Diretor-presidente da Imprensa Oficial do Rio de Janeiro (Representante da Região Sudeste); Pedro Antônio Bertone Ataíde, Diretor-geral da Imprensa Nacional  (Representante da Região Centro-Oeste); Naná Garcez de Castro Dória, Diretora-presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (Representante da Região Nordeste), Jorge  Luiz Panzera, Presidente da Imprensa Oficial do Pará (Representante da Região Norte) e Samir Maalouf (Secretário Executivo).

“Primeiro, é uma satisfação poder fazer esta troca de experiências com representantes de órgãos similares neste encontro, que debate assuntos tão pertinentes para as nossas gestões, como a transparência dos atos governamentais. É, também, uma oportunidade divulgar os projetos que estamos priorizando na Ioepa, ampliando as discussões com representantes das entidades organizadas em todo o estado, como o Livro Solidário, a certificação digital e a editora pública. Agora, é pensar também em ações que impactem todas as imprensas oficiais, sobretudo, as do nosso eixo, que é a região Norte”, disse Panzera.

Jorge Panzera assumiu a Imprensa Oficial em fevereiro de 2019. Uma das primeiras decisões da nova gestão foi suspender a versão impressa do Diário Oficial, veiculando somente a versão digital no site da IOE, no endereço: http://www.ioepa.com.br/portal/.

Segundo ele, a mudança seguiu uma tendência mundial de modernização e redução de custos dos Diários Oficiais no Brasil. Além disso, a estimativa é que o Pará tenha uma economia de cerca de R$ 2 milhões anuais que serão investidos na criação da editora pública. Por ano, a IOE gastava em média 30 toneladas de papel para imprimir o DOE e o Diário da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa).

Por Ascom/Ioepa

Leia mais:

https://bit.ly/2V54p6l

Publicidade

Relacionados