Pará totaliza 342.482 casos positivos e 7.864 óbitos por Covid-19

Nesta terça-feira (9), as regiões sul e sudeste apresentaram queda em casos positivos e confirmaram o mesmo número de falecimentos de ontem (8). No total, desde o início da pandemia, totalizam-se 110.267 pessoas infectadas e 1.495 fatalidades
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Pará confirmou, nesta terça-feira (9), o diagnóstico de 1.432 casos de infecção pelo coronavírus e salta para 342.482 o número de pessoas acometidas pela doença. Ainda foram confirmados dez óbitos, computando 7.864 falecimentos desde o início da pandemia.

Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde Pública (Sespa), com dados fechados às 18h01, 320.740 pessoas estão recuperadas da Covid-19.

Os cinco municípios paraenses mais afetados pela doença são Belém, com 19,94% dos casos; Parauapebas, 9,46%; Santarém, 4,14%; Ananindeua, 3,80%; e Marabá, 3,22%. Marabá apresentou elevação em relação ao dia anterior, enquanto Belém, Parauapebas, Santarém e Ananindeua tiveram queda.

Região Sul e Sudeste do Pará

Nesta terça-feira (9), as regiões sul e sudeste apresentaram queda em casos positivos, registrando o mesmo número de óbitos por Covid-19 confirmados no dia anterior (8). De acordo com os boletins epidemiológicos municipais, atualizados até as 19h05, foram registrados 574 novos casos e seis falecimentos.

Com os novos números, as regiões contabilizam, desde o início da pandemia, 110.267 pessoas infectadas e 1.495 fatalidades.

Parauapebas confirmou o diagnóstico de 71 pessoas com o novo coronavírus e o número de casos positivos aumenta para 36.758. A capital do minério registrou ainda registrou um óbito nas últimas 24 horas, totalizando 233 falecimentos.

Segundo a Secretária Municipal de Saúde (Semsa), 35.319 pessoas se recuperaram da doença, há 1.181 pacientes em isolamento domiciliar e 25 internados.

O município de Canaã dos Carajás chegou a 5.480 casos, com o diagnóstico positivo de 23 pessoas nas últimas 24 horas. Nas redes pública e privada, seis pessoas estão internadas. Ao todo, 5.410 pacientes se recuperaram, 15 estão em isolamento domiciliar e 55 faleceram. 

Marabá totalizou, nesta terça-feira, 14.236 casos confirmados de Covid-19, dos quais 13.758 pacientes estão recuperados. Ainda foi registrado um óbito nas últimas 24 horas, chegando a 272 falecimentos desde o início da pandemia.

Atualmente, 181 pessoas realizam tratamento contra a doença em domicílio, 14 estão internadas em enfermaria e 22 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Ocorrência de óbitos nas regiões

As regiões sul e sudeste tiveram acréscimo em fatalidades por Covid-19 nesta terça-feira, com óbitos registrados em Tucumã (2), Parauapebas (1), Marabá (1), Paragominas (1), Xinguara (1) e Novo Repartimento (1).

Os cinco municípios com maior letalidade são Marabá, com 272 mortes, Parauapebas (233), Tucuruí (155), Paragominas (124) e Redenção (85). 

Confira abaixo os números divulgados pelos municípios:

Parauapebas

  • 36.758 casos confirmados
  • 35.319 recuperados
  • 233 óbitos

Marabá

  • 14.236 casos confirmados
  • 13.758 recuperados
  • 272 óbitos

Redenção

  • 5.692 casos confirmados
  • 5.115 recuperados
  • 85 óbitos

Canaã dos Carajás 

  • 5.480 casos confirmados 
  • 5.410 recuperados
  • 55 óbitos

Tucumã 

  • 5.064 casos confirmados
  • 4.509 recuperados
  • 41 óbitos

Paragominas 

  • 4.767 casos confirmados
  • 4.299 recuperados
  • 124 óbitos

Tucuruí

  • 3.741 casos confirmados
  • 3.284 recuperados
  • 155 óbitos

Ourilândia do Norte

  • 3.533 casos confirmados
  • 3.444 recuperados
  • 24 óbitos

Xinguara

  • 3.452 casos confirmados
  • 3.014 recuperados
  • 38 óbitos

São Félix do Xingu

  • 3.231 casos confirmados
  • 2.618 recuperados
  • 32 óbitos

Conceição do Araguaia

  • 2.353 casos confirmados
  • 2.227 recuperados
  • 32 óbitos

Santana do Araguaia

  • 2.000 casos confirmados
  • 1.843 recuperados
  • 24 óbitos

Ulianópolis

  • 1.968 casos confirmados
  • 1.912 recuperados
  • 19 óbitos

Curionópolis

  • 1.605 casos confirmados
  • 1.569 recuperados
  • 20 óbitos

São Domingos do Araguaia

  • 1.364 casos confirmados
  • 1.292 recuperados
  • 18 óbitos

Rio Maria

  • 1.218 casos confirmados
  • 1.175 recuperados
  • 12 óbitos

Dom Eliseu

  • 1.208 casos confirmados
  • 1.160 recuperados
  • 13 óbitos

Jacundá

  • 1.015 casos confirmados
  • 927 recuperados
  • 24 óbitos

Itupiranga

  • 900 casos confirmados
  • 775 recuperados
  • 40 óbitos

Água Azul do Norte

  • 901 casos confirmados
  • 877 recuperados
  • 03 óbitos 

Goianésia do Pará

  • 864 casos confirmados
  • 829 recuperados
  • 23 óbitos

Rondon do Pará

  • 741 casos confirmados
  • 683 recuperados
  • 39 óbitos

Brejo Grande do Araguaia

  • 720 casos confirmados
  • 715 recuperados
  • 04 óbitos

São Geraldo do Araguaia

  • 698 casos confirmados
  • 661 recuperados
  • 20 óbitos

Novo Repartimento

  • 682 casos confirmados
  • 642 recuperados
  • 39 óbitos

Cumaru do Norte

  • 643 casos confirmados
  • 624 recuperados
  • 07 óbitos

Nova Ipixuna

  • 623 casos confirmados
  • 590 recuperados
  • 11 óbitos

Abel Figueiredo

  • 589 casos confirmados
  • 552 recuperados
  • 03 óbitos

Piçarra

  • 528 casos confirmados
  • 509 recuperados
  • 03 óbitos

Floresta do Araguaia

  • 497 casos confirmados
  • 472 recuperados
  • 08 óbitos

Eldorado do Carajás

  • 472 casos confirmados
  • 437 recuperados
  • 11 óbitos

Santa Maria das Barreiras

  • 454 casos confirmados
  • 410 recuperados
  • 06 óbitos

Bom Jesus do Tocantins

  • 450 casos confirmados
  • 432 recuperados
  • 05 óbitos

Palestina do Pará

  • 443 casos confirmados
  • 432 recuperados
  • 05 óbitos

Breu Branco 

  • 439 casos confirmados
  • 328 recuperados
  • 29 óbitos

Pau D’Arco

  • 361 casos confirmados
  • 349 recuperados
  • 06 óbitos

Sapucaia

  • 288 casos confirmados
  • 283 recuperados
  • 05 óbitos

Bannach

  • 244 casos confirmados
  • 224 recuperados
  • 03 óbitos

São João do Araguaia

  • 44 casos confirmados
  • 32 recuperados
  • 07 óbitos

Por Tina DeBord