Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Notícias

Pará: governos estadual e federal farão parceria para construção de aeródromos

Continua depois da publicidade

O governador Simão Jatene recebeu o comandante do 1º Comar, brigadeiro Carlos Eurico Peclat (e) e o chefe de Estado Maior do 1º Comar, coronel aviador Ivan Camarão Telles. Ele foi acompanhado pelo coronel Fernando Noura, chefe da Casa Militar do Estado.

Uma parceria entre o Governo Federal e o Governo do Pará para melhorar a infraestrutura dos aeródromos existentes e viabilizar a construção de novas pistas de voo no interior do Estado começou a ser discutida na manhã desta quinta-feira (2). O projeto faz parte de um Plano de Desenvolvimento Aéreo e Portuário, que está sendo estruturado pela presidenta Dilma Rousseff. O objetivo é descentralizar os voos do e melhorar o acesso às cidades do interior dos estados.

Em audiência no Comando Geral da Polícia Militar, o governador Simão Jatene recebeu o comandante do 1º Comando Aéreo Regional, brigadeiro Carlos Eurico Peclat, e o chefe de Estado Maior do 1º Comar, coronel aviador Ivan Camarão Telles, para tratar do assunto e assegurou o apoio do Estado. Simão Jatene destacou que uma parceria neste sentido já estava sendo avaliada por ele e que o governo está disposto a cooperar com o projeto, injetando inclusive, recursos do Tesouro Estadual.

Veja também:  Governador Simão Jatene visita obras do Estado em Redenção e região

O governador avaliou que a melhoria na infraestrutura dos aeródromos é uma questão estratégica para o desenvolvimento do Estado e que a descentralização dos voos é um antigo anseio da população. Jatene ressaltou ainda que, historicamente, as Forças Armadas têm sido uma grande parceira do Pará. Como exemplo, Jatene citou o Mangal das Garças, viabilizado junto a Marinha, o Forte do Castelo e o Complexo das Onze Janelas, junto ao Exército.

O brigadeiro Carlos Eurico Peclat informou que, além do Pará, também deverá visitar os Estados do Amapá e do Maranhão, para discutir a questão. As informações colhidas na Amazônia serão repassadas ao comandante da Aeronáutica. A coleta de informações junto aos governos estaduais quanto à adesão ao interesse de novas pistas de voo está sendo realizada em todo o país.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Deixe uma resposta