Padre dirige bêbado, mata ciclista e acaba preso pela polícia no Pará

Padre confessou que havia passado a noite bebendo cerveja com amigos. Ele não prestou socorro à vítima após acidente O DIA Pará – O padre Jeorge Miranda Gomes, de 37 …

Padre confessou que havia passado a noite bebendo cerveja com amigos. Ele não prestou socorro à vítima após acidente

O DIA

Pará – O padre Jeorge Miranda Gomes, de 37 anos, foi preso no município de Santa Maria do Pará (PA), nesta segunda-feira, suspeito de dirigir alcoolizado e atropelar um ciclista. A vítima, identificada como José Hilton das Neves Conceição, de 52 anos, não resistiu e morreu no local. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o padre não prestou socorro à vítima.

Veículo apresentava marcas de colisão no para-brisa, capô, para-choque e para-lama dianteiro

Após o atropelamento, o padre tentou fugir, mas foi preso pela PRF. O veículo, que pertencia a Arquidiocese de Bragança, apresentava marcas de colisão no para-brisa, capô, para-choque e para-lama dianteiro.

Quando foi abordado pela polícia, o homem teria dito que era repórter da TV Nazaré, mas depois confessou ser padre da diocese do município de Bragança e tomava conta da Paróquia de São Miguel do Guamá.

A Polícia Rodoviária afirmou que o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez. O padre acabou admitindo que havia passado a noite bebendo cerveja na casa de amigos em Castanhal. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil em Castanhal.

Deixe seu comentário