PA 26 DE MARÇO

Continua depois da publicidade

Embora ainda falte resolver a questão do valor a ser pago à ex-proprietária, a empresa Jorge Mutran Exportação e Importação Ltda., a Fazenda Cabaceiras, a primeira desapropriada no Brasil por descumprimento de função social da terra, teve sua posse concedida ao Incra pelo juiz Carlos Henrique Borlido Haddad, da Vara Federal de Marabá.

Agora, os 9,9 mil hectares serão destinados à reforma agrária, convalidando a ocupação feita desde 1999 por famílias integradas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Sexta-feira próxima (19/12), acontecerá a solenidade de criação do PA 26 de Março, mesmo nome do acampamento já existente, cujo nome recorda a data do assassinato dos líderes camponeses Onalício Araújo Barros (Fusquinha) e Valentim Serra (Doutor), ocorrido em 1998 na Fazenda Goiás II, em Parauapebas. Segundo o militante do MST, Charles Trocate, deverão participar do evento a governadora Ana Júlia Carepa, o presidente nacional do Incra, Rolf Hackbart, e da SR-27, Raimundo Oliveira Filho.

A fazenda Cabaceiras também abrigará, numa área de 150 hectares, a Escola Agrotécnica Federal de Marabá, reivindicação histórica do Fórum Regional de Educação no Campo, que reúne movimentos sociais e poder público.

Fonte:Quaradouro