No Pará, Mourão e 11 embaixadores visitam floresta amazônica para conhecer “problemas”

Representantes de ministérios e senadores também fazem parte da comitiva que percorrerá os municípios de Parauapebas/Carajás, Altamira, Medicilândia e Belém.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O vice-presidente e presidente do Conselho nacional da Amazônia Legal, Hamilton Mourão (PRBT) embarcou, nesta quarta-feira (08) para o Estado do Pará, acompanhado de 11 embaixadores, dois senadores e representantes de cinco ministérios. Mourão disse que pretende mostrar os problemas ambientais da região. O roteiro inclui os municípios de Parauapebas/Carajás, Altamira, Medicilândia e Belém.

O sobrevoo sobre a Floresta Nacional de Carajás (FLONA), na região de Parauapebas, foi o primeiro compromisso da agenda oficial do vice-presidente, que usou as redes sociais para dizer que a visita servirá para a comitiva “conhecer a realidade da região”.

Integram a comitiva os representantes de Japão, Espanha, União Europeia, Angola, Paraguai, França, Índia, Uruguai, Reino Unido, Suíça e da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA).

Os senadores Nelsinho Trad (PSB-MS) e Kátia Abreu (PP-TO), além de representantes do Gabinete de Segurança Institucional, Ministério de Minas e Energia, Ministério do Meio Ambiente, Ministério das Relações Exteriores e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações também participam da agenda oficial de Mourão.

“No ano passado, nós levamos os embaixadores à Amazônia Ocidental. A Amazônia Ocidental, em grande parte, 90% ou 95% preservada. Agora vamos levar na Amazônia Oriental, onde se encontram realmente os maiores problemas”, disse o vice-presidente, que pretende mostrar os projetos de mineração, trabalhos de pesquisa e de inovação, além de visitar áreas de madeireiras na região de Santarém.

A assessoria de imprensa do gabinete da vice-presidência informou que uma das medidas adotadas pelos órgãos envolvidos na viagem foi a realização de testes de detecção do coronavírus. “Todos os integrantes da comitiva realizaram testes de detecção do coronavírus, e serão respeitados os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme as orientações das autoridades de saúde”, informou a nota.

Veja a programação completa:

8 de setembro

– Partida de Brasília para Parauapebas – Carajás (PA);

– Sobrevoo sobre a Flona – Floresta Nacional de Carajás (PA);

– Exposição sobre as operações da Vale e visita às operações de mineração, em Carajás (PA);

– Deslocamento aéreo para Belém (PA);

– Recepção de boas-vindas oferecida pelo Governo do Pará, em Belém (PA).

9 de setembro

– Deslocamento para Altamira (PA);

– Visita à Usina de Belo Monte e sobrevoo sobre a Volta Grande do Xingu;

– Visita à unidade de processamento de cacau – Gencal, Altamira (PA);

– Deslocamento aéreo para Belém (PA).