Na Bahia, comerciante mata prefeito, primeira- dama e um funcionário público

Foram enterrados ontem o prefeito de Jussiapê, na Bahia, e sua mulher, ambos mortos no último sábado por um dono de um quiosque da cidade, localizada a 630 quilômetros de …

Foram enterrados ontem o prefeito de Jussiapê, na Bahia, e sua mulher, ambos mortos no último sábado por um dono de um quiosque da cidade, localizada a 630 quilômetros de Salvador. O governador da Bahia, Jaques Wagner, compareceu ao velório e confortou os familiares das vítimas.

Procópio Alencar (PDT) e sua mulher, Jandira, foram mortos a tiros por Claudionor Galvão de Oliveira, que estava munido de revólver e espingarda em mãos, três cinturões e uma bolsa cheia de balas, transformando Jussiape num cenário de terror. Ele primeiro atirou em Jandira, na rua, e depois foi ao consultório do prefeito, que é médico. Uma terceira pessoa, que seria funcionário da prefeitura baiana também foi morta pelo homem.

De acordo com o delegado substituto de Jussiapê, Rafael Oliveira Santos Araújo, após as mortes a Polícia Militar entrou em confronto com o atirador, que foi atingido e morreu. O delegado disse que ainda não há informações sobre o motivo dos assassinatos, todavia, todos na cidade acreditam que o cancelamento da concessão do quiosque tocado por Claudionor tenha sido o motivo da execução.

Deixe seu comentário