Mulheres presas por suspeita de terem matado um bebê recém-nascido

O caso aconteceu no Residencial Alto Bonito, onde elas moram e teriam passado a noite ingerindo bebida alcoólica
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Foram presas, em Parauapebas, pela Polícia Civil, por volta das 10h30 desta segunda-feira (29), acusadas de homicídio culposo, Glenda Sousa Nunes e Ana Terra Valadares. A vítima foi um bebê recém-nascido, com menos de um mês de idade. O caso aconteceu em um dos apartamentos do Residencial Alto Bonito, onde as mulheres moram juntas e receberam voz de prisão em flagrante. Elas também estão sendo acusadas de fraude processual.

Glenda Nunes, mãe da criança, informou que dormiu junto com o bebê e outros dois filhos, e quando acordou, na manhã de hoje, o recém-nascido já estava sem vida. Vizinhos contaram para a polícia que, durante a madrugada, as duas mulheres estavam consumindo bebida alcoólica. Eles afirmam ainda que ouviram barulho de briga, quebradeira e choro de criança.

 Na chegada ao local, os policiais constataram que o apartamento havia sido lavado, pois ainda puderam ver poças de água nos compartimentos, além de utensílios domésticos quebrados. O Instituto Médico Legal foi chamado e iniciou os levantamentos para a perícia. A criança apresentava hematomas pelo corpo, notadamente nas costas, coxa é pés.

(Caetano Silva)

Publicidade