Mosquito Aedes aegypti é alvo de campanha em Novo Repartimento

O município tem 24 notificações de dengue e vários casos confirmados da doença na zona rural. Equipes de agentes de endemias estão percorrendo a cidade e as vilas de casa em casa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma campanha preventiva de combate ao mosquito Aedes aegypti está mobilizando os moradores da cidade de Novo Repartimento, localizada na região sudeste paraense. Lançada pela prefeitura local, a ação é realizada de casa em casa pela equipe do Departamento de Endemias. O objetivo é orientar a população sobre os cuidados durante o período de inverno.

“O nosso município tem 24 notificações de dengue. E vários casos confirmados tanto na zona rural quanto no Distrito de Maracajá. A nossa equipe flagrou na área urbana vários locais com foco de larvas do mosquito Aedes. Isso é um perigo muito grande, pois sabemos que adengue pode levar à morte”, explica Vilmar Alves, coordenador de Departamento de Endemias.

A campanha de prevenção e combate ao Aedes aegypti, que é o vetor de contaminação da dengue, zika vírus e chikungunya, é feita por agentes de combate às endemias, ligado à Secretaria Municipal de Saúde. “O grupo está visitando bairro a bairro, verificando casas e fazendo panfletagem para alertar a população sobre essa doença que pode causar a morte”.

A equipe deixa um alerta para toda a população: não deixe água parada, tampe as caixas d’água, retire água parada dos pneus, coloque areia em vasos de plantas e garrafas quebradas, tome todo o cuidado e faça a sua parte para que esse mosquito não se prolifere.

(Antonio Barroso)

Posts relacionados