Mesmo com voo cancelado, imagem de N.ª S.ª de Nazaré comparece para Sessão Solene em sua homenagem na Câmara dos Deputados

Imagem peregrina embarcou em voo fretado na aeronave de um devoto em Palmas (TO)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Sessão Solene foi concorrida

Continua depois da publicidade

Brasília – Com uma hora e meia de atraso, a Sessão Solene em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré reuniu nesta quarta-feira (17), no Plenário Ulysses Guimarães da Câmara dos Deputados, pelo sexto ano seguido, devotos da Santa Padroeira do Pará. O voo que traria a imagem peregrina de Palmas (TO), onde participou do encerramento do quinto Círio de Nazaré de Palmas, foi cancelado devido a problemas técnicos e um devoto amigo do deputado federal Joaquim Passarinho (PSD-PA), requerente da sessão, cedeu aeronave particular para levar o símbolo de devoção dos católicos paraenses para cumprir seu compromisso na capital do país.

A tensão foi aliviada quando a imagem de Nossa Senhora de Nazaré entrou no Plenário conduzida por quatro deputadas federais que se revezaram na tarefa. Na abertura da sessão, era visível a emoção do deputado Joaquim Passarinho, que muito emocionado, citou o papel decisivo de sua devoção à Mãe de Deus na sua vida e na da sua família.

A sessão teve início com a composição da Mesa, com autoridades eclesiásticas da Igreja Católica, deputados e o ministro da Cidadania João Roma.

Numa coincidência que atribuiu a um presente divino, “e que melhor não poderia receber no dia do seu aniversário nesta quarta”, o ministro João Roma relatou a emoção de ter participado da Romaria do Círio, anos atrás, em Belém, quando residia a trabalho em Macapá (AP). “[Deputado] Joaquim, foi difícil chegar e pegar naquela corda, mas a energia me marcou para sempre,” recordou.

O senador Esperidião Amin e sua esposa, deputada federal Ângela Amin, ambos do Progressistas de Santa Catarina, foram prestar suas homenagens à imagem da Santa.

Os deputados Silas Câmara (Republicanos-AM) e Cezinha de Madureira (PSD-SP), líderes da Bancada Evangélica na Câmara, na condição de cristãos, prestigiaram o evento e se manifestaram sobre a importância da religiosidade do povo brasileiro.

Vários deputados membros da Frente Parlamentar Católica da Câmara dos Deputados também usaram da palavra para explicar o significado pessoal de suas devoções ao exemplo de vida que Nossa Senhora legou e que deve ser seguido por todos.

O padre barnabita José Ramos, reitor do Santuário da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém, fez um relato explicando como surgiu a procissão do Círio e o que ela representa para o povo do Pará.

No segundo domingo de outubro, a procissão do Círio de Nazaré percorre as ruas históricas da cidade de Belém do Pará, numa das maiores procissões católicas do Brasil e do mundo. Reúne, anualmente, cerca de dois milhões de romeiros pelas ruas da capital do estado, em homenagem à padroeira – no entanto, nos últimos dois anos foi suspensa devido à pandemia do novo coronavírus.

Vários deputados se revezaram na Tribuna e destacaram o valor dessa manifestação religiosa que é tida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, órgão das Nações Unidas para a Cultura.

No dia da procissão, o clima de solidariedade entre os fiéis transcende o religioso, despertando também o sentimento cívico. A participação massiva nas festas e rituais espalhados por todos os cantos da cidade encanta devotos e turistas do Brasil e do exterior. “É o Natal dos paraenses em pleno outubro,” destacou o deputado Joaquim Passarinho.

Da Bancada do Pará na Câmara, estiveram presentes na sessão os deputados Beto Faro e Airton Faleiro (PT), Cássio Andrade (PSB) e Eduardo Costa (PTB). Andrade e Costa usaram da palavra para prestar seus testemunhos da importância do Círio de Nazaré para os paraenses.

A imagem peregrina da padroeira dos paraenses, após a sessão solene na Câmara dos Deputados, seguiu para participar de uma missa celebrada por Dom Marcony, bispo auxiliar de Brasília, na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, às 15h, na 702 Norte, Plano Piloto de Brasília. Após a cerimônia, a imagem da Mãe de Jesus Cristo retornou às 17h para o templo que a abriga, a monumental Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, um dos cartões postais obrigatórios a serem visitados quando em visita à Belém do Pará.

Por Val-André Mutran – de Brasília