Marabá inaugura gastos públicos de 2021 entre prefeituras paraenses

São quatro processos com valor estimado em R$ 8,67 milhões: dois destinados à aquisição de insumos da saúde e dois voltados à aquisição de materiais básicos para fazer Sevop funcionar.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

As primeiras licitações municipais do ano que acabou de iniciar são de Marabá. No principal município do sudeste do Pará, o prefeito Tião Miranda programou para esta segunda-feira (4) ao menos quatro aquisições que juntas totalizam R$ 8,67 milhões do orçamento municipal de mais de R$ 1 bilhão. As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu.

O ato mais robusto é estimado em R$ 4,07 milhões (veja aqui) e visa à aquisição de materiais de laboratório para atender a rede pública de saúde. A Prefeitura de Marabá vai registrar preços de 147 itens, entre os quais soros, testes para diagnóstico de doenças diversas, eletrodos e álcool. Os materiais serão distribuídos a programas e serviços da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), como o de saúde da mulher, hanseníase, tuberculose, combate a endemias, doenças sexualmente transmissíveis, zoonoses, banco de leite, análise de água, entre outros.

A Saúde também vai realizar hoje outra licitação, no valor de R$ 3,83 milhões (veja aqui), a fim de comprar materiais de aviamento e costura para as unidades hospitalares. Agulhas, tecidos, lençóis, toalhas e guardanapos estão no pacote, cujos 143 itens estão agrupados em 13 lotes. A SMS diz que o gasto se deve à necessidade de renovar vestuários, uniformes desgastados com o tempo de uso e roupas de cama e banho utilizados nas unidades de saúde.

Viação e obras públicas

As outras duas licitações do dia estão com a Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop). Uma delas, no valor aproximado de R$ 435 mil (veja aqui), é para aquisição de materiais de expediente, como lápis, caneta, papel, carimbo, tinta para carimbo, régua e calculadora. São 202 itens ao todo para serem utilizados na rotina dos trabalhos administrativos e de campo.

A outra licitação da Sevop é para compra de peças elétricas e utensílios para veículos da frota da secretaria, no valor de R$ 323 mil (veja aqui). São dois lotes com 117 itens cada, um para participação aberta às empresas e outro dedicado a micro e pequenos fornecedores. Todos os quatro processos licitatórios desta segunda são registros de preço com foco no menor valor de lance, sendo que as licitações da SMS são na modalidade pregão eletrônico enquanto as da Sevop são pregões presenciais.