Marabá: Acidente mata mulher e leva marido à UTI

Sobrevivente só conseguiu transferência para uma UTI na tarde de hoje (7). Já a esposa dele morreu na hora. Os dois estavam de moto e foram abalroados por uma caminhonete.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Quando os socorristas do SAMU chegaram ao local, nada mais podia ser feito/Fotos: Divulgação

Continua depois da publicidade

Foi transferido na tarde desta segunda-feira (7) para a UTI do Hospital Regional de Marabá o estudante Walyson Ferreira da Silva, de 24 anos. Ele sobreviveu ao acidente que matou sua esposa Kelly Rodrigues, de 23, no início da tarde do último sábado (5), em Marabá. Os dois haviam se casado no dia 20 de abril deste ano e voltavam da igreja quando tudo aconteceu.

A batida fatal ocorreu na esquina da Avenida Fortaleza com a Rua 9, no Bairro Vale do Itacaiúnas, Núcleo Cidade Nova, por volta das 12h30. A moto em que o casal estava (uma POP-100) foi colhida por uma caminhonete de uma empresa de marmoraria dirigida por Arlesson Medeiros, de 27 anos.

O motorista ainda chegou a prestar os primeiros atendimentos ao casal, mas a jovem Kelly morreu na calçada onde caiu e bateu com a cabeça, de modo que Arlesson abandonou o local do acidente possivelmente temendo represálias de populares.

A julgar pela sinalização vertical existe no local do acidente e também pelas câmeras de segurança instaladas naquela parte da cidade, a moto das vítimas vinha na preferencial e foi atropelada pela caminhonete.

Kelly trabalhou durante alguns anos em uma pizzaria no Bairro Novo Horizonte, enquanto Walyson é estudante de Engenharia Mecânica na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).

Publicidade