Manifestantes liberam trecho da BR-422 em Novo Repartimento

A estrada foi bloqueada, na manhã desta quinta-feira (30), em protesto às nuvens de poeira levantadas pelo intenso tráfego de veículos no trecho não asfaltado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Durante toda a manhã desta quinta-feira (30), moradores do Residencial Sol Nascente, na cidade de Novo Repartimento, bloquearam a Rodovia BR-422. A principal causa do protesto é a intensa poeira levantada pela movimentação de veículos. A pista foi liberada no início da tarde.

Os manifestantes colocaram pneus e pedaços de madeira na entrada da cidade, no trecho conhecido como Capadócia, no sentido de Tucuruí. O morador Francisco Pereira da Silva, ouvido por telefone pela Reportagem, contou que a população local é muito afetada pela poeira.

“Não tem hora; é dia e noite essa poeira que sobe a cada carro que passa aqui. E quem mais sofre são as crianças e os idosos. Eles apresentam problemas constantes de respiração e gripe,” denuncia o morador do Residencial Sol Nascente.

Uma comissão de manifestantes foi recebida por representantes da Câmara Municipal, Polícia Militar e governo municipal. A gestão pública prometeu disponibilizar um caminhão pipa para irrigar o trecho que compreende o residencial. Ao final da reunião, o acordo foi selado e a pista liberada.

Ciente do problema, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) respondeu que enviará um representante nesta sexta-feira para a cidade, a fim de discutir as medidas a serem tomadas para atenuar o problema da população.

A Rodovia BR-422 liga as cidades de Tucuruí e Novo Repartimento. Os moradores ao longo da estrada convivem com dois problemas cruciais: a poeira durante o verão e a lama no inverno. Na semana passada, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, garantiu a pavimentação da pista de pouco mais de 70 km. (Antonio Barroso)

Publicidade

Posts relacionados