Malha Fina: das 711,3 mil declarações retidas no país, 3% são de contribuintes do Pará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Mais de 20 mil contribuintes no Pará tiveram suas declarações de Imposto de Renda retidas em malha fina este ano. O montante apurado pela Receita Federal não foi divulgado, porém, este total representa quase 3% do volume de declarações retidas em todo o País.

A omissão de rendimentos é o principal motivo de incidência na malha. Somente em Belém, 13.804 contribuintes terão de se explicar junto à RFB quanto às inconsistências detectadas na declaração do IR. Já em Marabá, no sudeste do Estado, este número é de 4.267 contribuintes. No caso da Delegacia Regional de Santarém (DRS), na região do Tapajós, 2.300 declarações foram retidas em malha fina.

Com o término do processamento das declarações do IRPF 2013, a Receita Federal identificou inconsistências em 711.309 mil declarações em todo o Brasil. Deste volume, 20.371 contribuintes são do Pará.

A quantidade de declarações retidas em malha fiscal corresponde a 3,2% do total de 27.753.332 declarações do exercício apresentadas até ontem, informou Max Wells de Carvalho Ramos, delegado da Receita Federal em Marabá.

Publicidade