LULA USA TERMO CHULO EM DISCURSO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em visita ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira(04), durante a cerimônia de lançamento das linhas de aço do Fundo Setorial do Audiovisual, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dedicou pelo menos 40 minutos de seu discurso para falar sobre a crise financeira mundial.

Entre as diversas metáforas que empregou para tranqüilizar os brasileiros diante da situação econômica, Lula comparou a relação entre a sociedade e o governo com a de um médico e seu paciente. E para afastar o pessimismo, disse que o doente jamais deve ouvir: “meu, sífu” (sic).
A metáfora foi a forma encontrada por Lula para mostrar o quanto a desconfiança do consumidor pode agravar a crise. “Imaginem vocês, se um de vocês fosse médico e atendesse a um paciente doente, o que vocês falariam para ele? Olha, companheiro, o senhor tem um problema, mas a medicina já avançou demais, a ciência avançou demais, nós vamos dar tal remédio e você vai se recuperar. Ou você diria: meu, sífu”, disse o presidente. “Vocês falariam isso para um paciente de vocês? Vocês não falariam”.
Revista Veja

Publicidade

Posts relacionados