Redenção

Lixo jogado em reserva florestal causa transtornos em Redenção

Além do meio ambiente, os mais prejudicados são os moradores dos setores Jardim Primavera e Jardim Ipiranga, obrigados a conviver o mau cheiro, urubus e o perigo de doenças

Moradores dos setores Jardim Primavera e Jardim Ipiranga, procuraram a Reportagem do Blog, na tarde desta quinta-feira (7), para denunciar a sujeira que está em volta da reserva florestal que corta os dois setores habitacionais. Entulhos, resto mortais de animais, plásticos, garrafas pet e até sofás velhos são jogados ali pelos próprios moradores. A estudante Luciana da Paz relatou que já flagrou pessoas depositando resíduos ao lado da reserva.

 “Fico imaginando o que passa pela cabeça de um ser que joga lixo próximo a reserva florestal. Aqui tem um córrego, o cidadão que faz isso polui o meio ambiente. Peço para as pessoas terem mais comprometimento com a natureza e parem de jogar lixo aqui”, protesta ela.

Assim como Luciana, outras pessoas também reclamaram da quantidade de lixo jogado pela própria população ao longo da estrada, que também dá acesso aos conjuntos habitacionais. “O lixo é das pessoas que jogam pela estrada. Antigamente ainda havia quem recolhesse, mas, agora, já tem um tempo que o lixo não é retirado da estrada. Há muita sujeira, todo o tipo de lixo e até animais mortos e ossada. Está horrível a situação”, reclamou a moradora Carleane da Paz.

A dona de casa Mileide da Cruz também falou da dificuldade que é passar pela estrada, a pé, de carro ou de moto. “A estrada está cheia de lixo e não há condições de andar. Além do forte odor do lixo, há muitos urubus na área e é um perigo para quem anda de moto porque eles ficam passando pela frente”, contou.

Maria da Guia, outra moradora, acrescentou que, assim como a reserva florestal do setor Jardim Ipiranga, outros setores como, Vila Maria e Parque dos Buritis II, também estão com grande acúmulo de lixo e apelou para a prefeitura resolver o problema. “Seria importante que a prefeitura notificasse quem faz isso. Punisse quem joga o lixo, pois, além de contaminar o meio ambiente, traz doenças para crianças que passam pelo local”.

A Reportagem do Blog entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Redenção, que informou que todos os locais onde o lixo está concentrado são áreas particulares e s proprietários já foram notificados e chamados até a Secretaria de Meio Ambiente para apresentarem solução.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, está sendo elaborado um programa de gerenciamento e gestão de resíduos sólidos do município, a ser executado no segundo semestre de 2019. A ideia será criar estação de sustentabilidade que nada mais é que a criação, nessas áreas particulares, de depósito temporário de resíduos de forma ordenada para que seja coletado semanalmente pela prefeitura.

Deixe seu comentário