Jader Barbalho e o segundo turno no Pará

Em entrevista exclusiva dada à Rádio Clube nesta segunda-feira (4), o peemedebista eleito para o Senado pelo estado do Pará, Jader Barbalho, disse que vai se reunir com os companheiros …

Em entrevista exclusiva dada à Rádio Clube nesta segunda-feira (4), o peemedebista eleito para o Senado pelo estado do Pará, Jader Barbalho, disse que vai se reunir com os companheiros do partido para fazer uma avaliação sobre as possíveis alianças que o PMDB fará para o segundo turno das eleições no Pará.

Jader destacou que as eleições no segundo turno serão completamente diferentes do que foram até ontem, quando mais de 4,7 milhões de paraenses foram às urnas escolher seus candidatos. “Será realizada uma nova eleição com características completamente distintas”.

“Nosso partido lançou o Juvenil como candidato próprio — a quem eu parabenizo — que cumpriu um papel importantíssimo nesta campanha. Agora, estamos totalmente liberados e vamos avaliar o que é mais conveniente para o PMDB do Pará”, ressaltou.

Jader lembrou que nas eleições de 2006, o PMDB definiu alianças logo no primeiro turno, mas que este ano “não houve absolutamente nenhum acerto com nenhum partido”.

AGRADECIMENTO
Jader disse que está muito feliz com a escolha do povo do Pará. “Apesar de toda campanha que fizeram nos meios de comunicação dizendo que meus votos não seriam válidos, o povo do Pará mostrou que me julgou e que me ama de verdade”.

Eleito com mais de 1.800.000 votos, Jader Barbalho disse que acredita que a interpretação dada pelo Supremo sobre o seu caso será favorável a ele. “Sem dúvida que o Supremo vai declarar que a Lei não tem eficácia para a eleição de ontem, já que a lei diz que qualquer mudança no processo eleitoral só pode ser estabelecido um ano antes das eleições. Não podemos ficar ao sabor de interesse de alguns que, através de artimanhas, querem tirar seus adversários da política. Quem decide é o eleitor e os paraenses já decidiram”, afirmou.

Fonte: Ângela Bazzoni, Diário Online

[ad code=1 align=center]

Deixe seu comentário