Homem surta, fere PM a faca, toca fogo na casa e acaba baleado

O caso aconteceu no início da noite desta quinta-feira (3), na cidade de Moju, no nordeste do Pará. O homem, que seria professor e estaria enfrentando problemas com drogas e depressão, estava armado com uma faca e um facão e ameaçava todos que se aproximavam dele
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma guarnição da Polícia Militar teve trabalho para conter um homem, que teve um surto e se armou com uma faca e um facão e ameaçava todos que se aproximavam dele. O caso aconteceu no início da noite desta quinta-feira (3), no Bairro Alto, na cidade de Moju, no nordeste do Pará.

Durante a crise, o homem, identificado como Reinaldo Martins Almeida, de 42 anos, feriu um policial militar a facada e depois ateou fogo na própria casa. A Polícia Militar precisou atirar nas pernas dele, para poder contê-lo.

Ele foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.  De acordo com tenente Quaresma, da Polícia Militar de Moju, populares informaram que o homem seria professor e atualmente vem enfrentando problemas com drogas e também estaria depressivo.

“Fomos chamados para atender esse caso, onde um homem estava transtornado e fazendo ameaças contra outras pessoas. Tentamos utilizar de meios não letais, além da negociação, mas ele se mostrou muito resistente. Por isso, foi necessário atirar em suas pernas para contê-lo. Ele foi imobilizado e socorrido para a UPA”, informou o oficial.

Ainda segundo o tenente, o soldado da corporação, que teve a mão cortada por Reinaldo, quando tentava desarmá-lo, passou por atendimento médico e passa bem. Uma guarnição do Corpo de Bombeiro conseguiu debelar o incêndio, mas a casa do homem, que é de madeira, ficou parcialmente destruída.

Tina DeBord

Publicidade