Guarda Municipal prende quarteto de jovens traficantes no Cidade Jardim

Em casa, eles guardavam grande quantidade de cocaína em um urso de pelúcia. Na ocasião foram apreendidas duas motos de procedência duvidosa, dinheiro e outros objetos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma guarnição da Romo (Ronda Ostensiva Motorizada), da Guarda Municipal de Parauapebas, prendeu, por volta das 11h desta sexta-feira (11), no Bairro Cidade Jardim, quatro jovens acusados de tráfico de entorpecentes: Francisco Whedison Santos Moura, 20 anos; Francisco da Conceição, 19, de Buriticupu (MA); Francisco Wharleson, 20;  e Clarisse Gomes da Rocha, 19. Na casa em que eles estavam foram encontrados 80 papelotes de cocaína e quatro de maconha, além de duas motos, uma sem placa e sem documento e outra sem documentação, uma balança de precisão, uma munição calibre 38, R$ 404,00 e celulares.

De acordo com Boletim de Ocorrência registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, a guarnição fazia rondas pelo Bairro dos Minérios quando percebeu uma moto sem placa, cujo piloto e o ocupante da garupa trataram de fugir, sendo seguidos pelos GMs até o Cidade Jardim, onde estacionaram na frente de uma casa.

Foram abordados e revistados e com um deles foi encontrada pequena quantidade de maconha e dinheiro trocado que carregava dentro da cueca. Indagados sobre a droga, primeiramente, disseram que era para consumo próprio, mas, logo depois, um dos jovens disse que a droga pertencia ao irmão dele, que estava dentro da casa, assim como no imóvel havia mais entorpecentes.

Na casa foram atendidos por uma moça, a qual disse que todos eram apenas dependentes químicos e que, os guardas poderiam entrar e procurar pela casa, pois não encontrariam mais nada. Entretanto, logo na entrada do imóvel, em uma estante, dentro de um urso de pelúcia foi encontrado um saco com 80 papelotes de cocaína. Nos demais compartimentos da casa foram encontrados os demais materiais apreendidos. O quarteto recebeu voz de prisão e conduzido à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

(Caetano Silva)