Funcionária de agência lotérica em Parauapebas suspeita de estelionato é presa pela polícia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

andreia melo da silvaAndreia Melo da Silva (foto), operadora de caixa da agência lotérica do bairro Da Paz, em Parauapebas, foi presa em flagrante hoje pelo delegado Thiago Carneiro Rodrigues, da 20ª Seccional de Polícia Civil em Parauapebas.

Andreia responderá pelo crime de estelionato, já que segundo o delegado, ela recebia faturas de clientes da agência lotérica em seu caixa, tirava cópia do documento autenticado e entregava o comprovante ao cliente. De posse das duas vias Andreia solicitava à sua gerente o estorno do valor e ficava com o dinheiro para si.

Segundo o delegado Thiago, com tais procedimentos Andreia teria provocado prejuízos aos clientes na ordem de cinquenta a cem mil reais.

O delegado Thiago solicita que a população consulte os comprovantes emitidos no terminal operado pela suspeita e que, se houver algum tipo de problema se dirija até a agência da lotérica para verificar se houve algum estorno do boleto pago. Em caso afirmativo o delegado pede que o lesado procure a delegacia para registrar queixa e tentar reaver o valor pago.

No ato da prisão foram encontrados 54 boletos bancários autenticados em posse de Andreia. Ela confessou ter praticado o crime e pode pegar de um a cinco anos de prisão.