Fezes humanas contém ouro e outros metais preciosos, diz estudo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

ouroUma equipe do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) descobriu que as fezes humanas contém ouro e outros metais preciosos que, de acordo com especialistas, podem valer centenas de milhões de dólares. Ainda não se sabe uma maneira de extrair os metais dos dejetos, mas encontrar uma maneira de extrair esses metais poderia ajudar o meio ambiente reduzindo a necessidade de mineração e reduzir a liberação indesejada de metais no meio ambiente.

“O ouro que encontramos foi no nível de um depósito mineral mínimo”, afirmou Kathleen Smith, da US Geological Survey, após sua equipe descobrir metais como platina, prata e ouro em resíduos tratados. Um estudo recente realizado por outro grupo de especialistas na área constatou que os resíduos de um milhão de americanos poderiam conter até 13 milhões de dólares em metais.

Smith explica que o estudo é feito em duas frentes. “Em uma parte do estudo, nós estamos olhando para a remoção de alguns metais regulamentados de biossólido que limitam a utilização para aplicação no solo. Na outra parte do projeto, estamos interessados em recolher metais valiosos que poderiam ser vendidos, incluindo alguns dos metais mais importantes tecnologicamente, como o vanádio e o cobre, presentes em telefones celulares, computadores e ligas metálicas”, diz ele.

Os resultados foram apresentados na 249º Encontro Nacional & Exposição da American Chemical Society (ACS), maior sociedade científica do mundo, que terminou ontem (26), em Denver, Colorado. As informações são da France Presse.

Publicidade

Posts relacionados