Embratur comemora 45 anos com recordes para o turismo nacional

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, completa 45 anos no último dia 18, com muito a comemorar. Responsável pela divulgação da imagem e dos …

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, completa 45 anos no último dia 18, com muito a comemorar. Responsável pela divulgação da imagem e dos destinos turísticos do Brasil no exterior, sua história se confunde com a trajetória de desenvolvimento do turismo brasileiro, setor que neste final de ano terá motivos para celebrar. De acordo com projeções, haverá recordes históricos nos desembarques internacionais e consequentemente receita cambial do turismo e na entrada de turistas estrangeiros no país em 2011. Esse crescimento aponta para a regularização das políticas públicas estabelecidas no Plano Nacional de Turismo e no Plano Aquarela – Marketing Turístico Internacional do Brasil, que orientam as ações da autarquia.

Avaliando os indicadores relacionados ao turismo internacional, o ministro Gastão Vieira, diz que “é fruto de um trabalho competente e realizado em perfeita sintonia entre o Ministério do Turismo e a Embratur”. Sele ressalta que os desafios são enormes e aumentam com a proximidade dos grandes eventos internacionais que vão acontecer no país. E inédito é o valor deixando no país por estrangeiros. Durante os primeiros nove meses deste ano foram US$ 4,9 bilhões, valor 15,55% maior que o registrado no mesmo período de 2010.

A Embratur foi criada em 1966 com a missão de orientar o desenvolvimento do turismo brasileiro. Em 2003, com a criação do Ministério do Turismo, a entidade assumiu uma nova missão: cuidar exclusivamente da promoção, marketing e apoio à comercialização dos destinos, serviços e produtos turísticos brasileiros no mercado internacional.

Turismo de negócios
Por se tratar de uma cidade voltada para o turismo de negócios, Parauapebas também recebe representantes de outros estados e países. A preparação do mercado, como os profissionais do ramo hoteleiro, alimentício de turismo ecológico é fundamental. No último mês, por meio da Secretaria Nacional de Turismo, técnicos vieram à cidade e em Marabá conversar com empresários e gestores sobre o assunto. No próximo mês, a equipe retorna às cidades para conversar sobre os planos e avaliar a forma de colocá-los em desenvolvimento.

Com informações do Ministério do Turismo

Postado em Sem categoriaMarcado

Deixe seu comentário