Eldorado do Carajás: Semsec inicia Campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama

Durante a programação da campanha nacional, que objetiva conscientizar as mulheres sobre a importância de realizar exames preventivos para detectar a doença, serão realizadas ações nos postos de saúde do município e facilitado o acesso ao diagnóstico e tratamento da enfermidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Eldorado do Carajás inicia campanha Outubro Rosa com ações nas unidades de saúde do município

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Eldorado do Carajás (Semsec), no sudeste do Pará, iniciou, nesta segunda-feira (4), a Campanha Outubro Rosa, que é realizada em nível nacional, para a prevenção do câncer de mama, uma das doenças que mais acomete mulheres em todo o mundo. Por isso, durante a campanha, realizada sempre em outubro, mês dedicado à prevenção da enfermidade, serão realizadas ações para orientar as mulheres sobre a importância de realizar exames preventivos, como o autoexame e a mamografia.

O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura da doença. A mamografia regular é recomendada para mulheres a partir dos 30 anos.

Durante início das ações alusivas ao Outubro Rosa, foi realizada orientação pela enfermeira Cirlene Gomes sobre como “Prevenir o Câncer de Mama através do Autoexame”. Durante todo o mês de outubro, a Semsec estará desenvolvendo nas unidades de saúde do município ações objetivando conscientizar o público alvo para a prevenção contra a doença, aumentando o acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos de câncer de mama.

Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresenta bom prognóstico.

O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento para o câncer de mama em unidades hospitalares especializadas.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), este ano, a estimativa é de 66.280 novos casos da doença no Brasil. Segundo o Atlas de Mortalidade por Câncer, em 2019, o número de mortes pela doença no país foi de 18.295, sendo 18.068 mulheres e 227 homens.

Tina DeBord