DESABAFO DE UMA PROFESSORA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Comentário recebido por este blog e repassado pois repercute a atual situação do tratamento dado à Educação.
“Eu tenho é vergonha, enquanto professora, dos meus colegas que estão a frente das secretárias da PMP. Nunca vi tanta incompetência junta, as escolas exceto as construídas pelo governo Cidadão, estão caindo aos pedaços, e eles ainda justificam que foi o governo passado, na minha casa todos os anos eu tenho que fazer uma reforma, pois qualquer bem sofre desgastes pelo tempo. Mas nosso prefeito continua justificando o seu descaso no seu antecessor. Imagine se ele for eleito em quem vai colocar a culpa, no governo passado? Quando a equipe da PMP vai assumir que eles têm que administrar é a cidade como um todo não só as suas obras e a sua coorporação? Você que defende a atual administração deveria andar pelas escolas, veja o tanto de burracos em seus pisos, os quadros estragados, banheiros que mais parecem latrinas de presídios, sem portas, salas imundas, falta livros e material para os professores trabalharem. A educação, hoje na cidade, é feita pelos professores comprometidos que trabalham com saliva e giz,os únicos instrumentos de trabalho que possuem além do comprometimento pessoal. Porque os seus companheiros, que hoje estão no poder, se esqueceram dos que deixaram para trás.Paulo Freire dizia que o oprimido quando toma o lugar do opressor, é muito pior do que aquele que o oprimia. Onde ficou a inclusão digital da escolas, o gato comeu, o programa que funciona na rua F já consumiu valores que dava para colocar um PC para cada aluno. Será que vocês que veem esses displantes não sabem fazer contas. Pois é deveriam voltar à escola, veriam os esforços dos professores, a precariedades da estrutura e o que nossas crianças estão sofrendo, e aprender que você só sabe que o outro sente quando se coloca no lugar dele”.